17 Animes Sangrentos

33

16 Animes Sangrentos

A semana passada vimos os mangas com tanto gore que dificilmente serão anime mas tal não significa que não existam animes onde os protagonistas não passem sem o seu banho diário de gore e violência.

Em baixo ficam 17 desses animes violentos. Que animes adicionavam a esta lista? E quais não conheciam e ficaram interessados?


Não se esqueçam de subscrever o nosso canal de Youtube.


 

A sequela de Blood + pode falhar em viver de acordo com as expectativas, mas a série está repleta de gore, comédia não intencional e uma coreografia de luta decente. Os fãs da série de TV devem conferir Blood-C: The Last Dark, que serve como o final da série.

 

Fist of the North Star

Fist of the North Star é um dos animes mais influentes dos anos 80.

A série desafiou na altura os regulamentos de radiodifusão televisiva com a sua ultra-violência, que incluía cabeças a explodir e corpos retorcidos. O filme de 1986 foi tão sangrento que todas as versões DVD lançadas até agora foram censuradas.

 

Claro que qualquer top deste género que se preze tem de ter incluído , uma obra sobre os danos que o bullying e a discriminação trazem à sociedade. A enorme violência e os baldes de sangue são um extra!

 

(1997)

A adaptação de 1997 de  é uma obra obrigatória para os fãs do estilo de gore e violência de . Muito do gore está intacto e foi feito um trabalho decente na adaptação do arco The Golden Age à custa de cortar a maioria dos elementos sobrenaturais.

 

consegue o raro feito de ser capaz de contar uma boa história que não se perdeu no meio de todo o gore. Quem diria que um conto sobre um vampiro que mata zombies nazis teria alguns personagens bem escritos?

 

Com animação pelo estúdio  foi alvo de alguma liberdade criativa no que toca à história mas não deixa de ser uma obra obrigatória para os apreciadores de animes deste género.

 

Ninja Scroll

Ninja Scroll foi um dos responsáveis pela apresentação de anime ao público adulto durante os anos 90. O conto de um espadachim errante e um ninja que combatem demónios parece simples na superfície, mas Ninja Scroll está cheio de voltas e reviravoltas. Claro que ter uma das animações mais fluidas da era ajudou.

 

O mundo retorcido de ocorre num universo onde a vida não termina com a morte. Algumas pessoas participam num fútil jogo de morte, o que leva a momentos horríveis ao examinar a frágil psique humana.

 

Rin – Daughters of Mnemosyne

Rin – Daughters of Mnemosyne é uma série sádica que tem alegria em torturar a imortal Rin Asougi. Embora possa parecer pornografia de tortura no início, a série conta uma história interessante que incorpora elementos Viking e mitologias cristãs.

 

Violence Jack

Violence Jack é uma série OVA que segue um tipo violento chamado Jack. Um enorme terremoto dividiu o mundo a meio e lançou o caos. A série é notória pela sua violência gráfica.

 

é uma série do estúdio baseada na novel do falecido Yamada Fuutarou. Numa história feudal repleta de tortura, sangue e nudez é contada uma história de amor entre elementos de dois clãs rivais.

 

MD Geist

MD Geist é uma OVA de 1986 e foi ignorada pela maior parte por Japão. No entanto, a série tem um culto de seguidores nos EUA, devido a ser uma das primeiras OVAs a ser localizada e distribuída no início dos anos 90. Segue um soldado geneticamente modificado cuja função é ser uma máquina de matar. Naturalmente, Geist enlouquece e embarca numa série de matanças.

 

Genocyber

Genocyber é outra série de culto que nunca ganhou uma audiência no Japão. A história segue duas irmãs gémeas deficientes que são alvo de experiências para criar uma super-arma psíquica. As coisas não funcionam bem e partes do corpo voam por toda parte.

 

Shigurui

Shigurui desenrola-se durante o período Edo e desenrola-se à volta de um torneio onde os concorrentes têm que usar lâminas reais. O que torna a série diferente é que ela só se concentra no primeiro jogo, e destaca as circunstâncias que trouxeram os dois guerreiros para o torneio. Tenham um saco de vómito perto pois a violência gráfica é de loucos.

 

Blue Gender

Blue Gender é uma série mecha pós-apocalíptica que tece um conto de horror decente entre a violência. Não precisam de ser fãs de mecha para se sentirem conectados a Yuji Kaido e Marlene Angel.

 

Dependendo do ponto de vista  é um mistério sobrenatural ou uma comédia. A história de uma força mortal que assombra a classe 3-3 leva a algumas mortes perturbadoras.

 

Wicked City

Wicked City é uma obra do mesmo criador de Ninja Scroll e apresenta-se como um filme de terror neo-noir sobre demónios que invadem o mundo humano depois do tratado de paz expirar. A história não é tão boa quanto Ninja Scroll, mas está cheia de ótimos visuais para os fãs de terror.

  • Scar

    Eu ainda estou para assistir Basilisk, acho que vou aproveitar essa vira de temporada com pouco anime para ver.

    • Jojolion

      Não veja o final é muito ruim

      • Scar

        Pelo que li é um Romeu e Julieta versão Feudal então acho que tenho uma ideia do que vai acontecer e_e

      • Gabi

        O final n é motivo da obra ser ruim né

      • Vincent Kovacs

        Ignore o cara acima, ele ainda tem um final bem melhor que 80% dos animes atuais. Só é um final crú e sem reviravolta marcante, mas o desenvolvimento vale muito a pena.

    • Marcio Hoglhammer Moreira

      É bom e muito triste de ver. Mas recomendo.

    • Gustavo

      Eu tenho basilisk, recomendo. Eles tentaram lançar no cinema, com o título “shinob, a batalha “..
      Mas não foi tão fiel.

  • Ryulion

    #7 Expasion está reunindo a equipe pra discutir a ausência de no Naku Koro Ni nessa lista

  • Eduardo Faria Guimarães

    Acho que de todos aí,Genocyber é o mais violento que tem.

    • Gabi

      Com certeza, e é por que passava na rede manchete ein

  • Scar

    O Epic human drill

  • FoolTooCool

    Só vi oito desses e aposto que são os menos sangrentos dessa lista, tem uns ai que que devem conseguir até superar o manga kuroshiya 1.

  • SB

    “Dependendo do ponto de vista Another é um mistério sobrenatural ou uma comédia.” Haha adorei essa linha. Uma estória tão forçada só pode ser uma comédia.

    E Também gostaria de entender a falta dos “No Naku Koro Ni”s, Higurashi e Umineko. Se Another está nessa lista eles também mereciam.

    Mas por resgatar clássicos (Antigos e pouco conhecidos) como Violence Jack e M.D Geist tem seu mérito.

    Vi 10 e conheço 15 daí. Darei uma olhada nos demais.

    • Porque Higurashi e Umineko eles não são pautados no GORE, eles POSSUEM o elemento secundário como GORE. Eles focam majoritariamente em uma história e algumas mortes não são explicitas, focam mais nos sentimentos e reações.

      Mas eu sempre lembro do Higurashi Kai com a “cena do ouvido”. Aquilo me doeu.

      • Vincent Kovacs

        Berserk 1997 e Basilisk tbm não são pautados no Gore… aliás, acho que a única cena gore de berserk acontece nos episódios finais. Enquanto que na série Higurashi (não umineko) temos isso muito mais presente na trama.

      • Berserk e Basilisk possuem cenas de morte mais visuais e as suas mortes e cenas de impacto relacionadas a morte, são sempre gores – ou quase sempre, brincando muito com a sua estética visual de sangue e partes de corpos voando, por ai vai. (Eu gosto, só dizendo, não estou colocando defeito)

        Higurashi e Umineko, as poucas mortes não são visuais como esses dois animes – apesar de eventuais cenas como, por exemplo, suicídio da Rika no Higurashi Kai. Pois são obras que o mistério é tão majoritário que as mortes são bem pouco visuais. Eu pelo menos não lembro de cenas bem visuais em Higurashi e Umineko, não nego que elas existam mas são muito muito poucas.

      • SB

        Entendi seu ponto, mas volto a dizer: e Another? O foco também é o mistério com elementos gore. Minha colocação é pelo fato de serem relativamente “parecidos” mas um estar e o(s) outro (s) não.

        Mesmo que, seguindo seu raciocínio de só ser classificado gore quando mostrado o ato acontecendo (particularmente discordo), convenhamos que Another se enquadra em seu exemplo. Portanto, também não merecia estar aí.

        Ainda assim, em geral, é uma boa lista.

      • Eu não vou defender Another em seu âmbito geral, é um anime que eu não gosto, sinceramente. Mas algumas mortes dele são angustiantes, parte para o conceito do “visual”, suas mortes são extremamente visuais – não chega perto das animações de Blood C, por exemplo, mas são visuais. E eu acredito que esse tenha sido o ponto da postagem.

  • ◘SIRK◘

    Rin é ótimo e Genocyber é a porra mais perturbadora que já vi na vida. MD Geist é só legalzinho, recomendo o primeiro OVA.

  • Otavio Sabino

    cara eu gostei do video de

    Rin – Daughters of Mnemosyne acho que vo da uma olhada.

  • Gabi

    Desses os mais violentos são Elfen Lied e Genocyder, são de outro nivél

  • Skywalker Alexandre

    Dos 17 eu conheço e vi os 17.
    Blue Gender e poderes eróticos ( Wicked City) são bem desconhecidos , o mangá de Violence jack é uma violência desnecessária e eu já disse que amo Hokuto , Shigurui e Berserk ?
    Conheço Genocyber desde da manchete , o ova que chocou todo o país , o mangá é legalzinho , dá mó pena da loira que vive naquele mundo infeliz e desprezível. Md geist é outro que não fica atras na questão da violência ,Another é água com açucar e Elfen lied é o mais conhecido da lista (Eu acho).
    Tem vários animes gores que colocaria na lista , mas indico o Demon city shinjuku

    • SB

      Justamente. Another é anime infantil comparado aos demais. Está muito deslocado.

      Obs: Hokuto e Berserk (mangá principalmente) são épicos demais.
      Shigurui está entre os que conheço mas ainda não vi.

      • Skywalker Alexandre

        Em Berserk , todos os personagens são estuprados com frequencia.
        RECOMENDO SHIGURUI TANTO O MANGÁ ( MARAVILHOSO ) E O ANIME

      • SB

        Verei!

        Obs²: Quanto a Berserk, nem todos apesar do Guts ter um amigo fura-olho (literalmente inclusive kkk)

  • Corpse Party tem umas cenas que chegam a ser nojentinhas.

  • Rennan Fellipe

    Conheço a maioria, mas não assisti nem metade da lista. Fiquei interessado nesse Rin – Daughters of Mnemosyne, vou aproveitar a virada de temporada pra assistir.

  • ‘Genocyber’ foi uma paulada quando passou na finada TV Manchete e ‘Mnemosyne no Musume-tachi’ tem uma história muito boa , recomendo !!!

  • João Leopoldo Bittencourt

    Boa lista! Fiquei curioso pra ver Wicked city (que parece ser bem desconhecido, raramente vejo falarem sobre ele), ninja scroll, MD Geist, blue fender e rin.Desses o que mais me chocou foi genocyber, fiquei surpreso ao saber que passou na rede Manchete durante horário acessível. Acho que só faltou aí o devilman xD

  • Lucilene Yanaga

    Lembrei de Akira e A lenda do demônio

  • Olavo

    Quando dizem Ninja Scroll, se referem ao filme dos anos 90?

  • Conta Sem Nome

    Só conheço Elfen Lied,Another,Blood-C,Gantz,Corpse Party,Shigurui e Genocyber,o resto nunca ouvi falar.
    Assisti esses animes há uns quatro anos e nunca terminei até hoje,talvez eu termine de assistir algum dia.

  • East

    Basilisk e muito bom!!!