Crunchyroll foi banida na Rússia

DarlinG in the FranXX leva ao Ban da Crunchyroll na Rússia

Crunchyroll foi banida na Rússia

Recentemente noticiámos que o twitter cedeu às pressões da Rússia e começou a banir artistas japoneses da sua plataforma e agora ficamos a saber que a russa Roskomnadzor (Serviço Federal de Supervisão de Telecomunicações, Tecnologias da Informação e Mídia) bloqueou a plataforma de streaming anime Crunchyroll na Rússia por esta alegadamente distribuir conteúdo sem as tags “R+18” correspondentes.

Ontem, dia 13 de abril, a Roskomnadzor informou que várias séries do catálogo da Crunchyroll estavam a violar as leis do país e, consequentemente, bloquearam completamente o site na Rússia. No entanto, a plataforma ainda é acessível por meio de seu aplicativo para dispositivos móveis.

As séries listadas como inadequadas pelo órgão federal incluem DarlinG in the FranXX, Konohana Kitan, Ore ga Suki nano wa Imouto dakedo Imouto ja Nai (My Sister, My Writer), Tsugumomo, Tenshi no 3P! (Angel’s 3Piece!) e Girly Air Force.

Aparentemente, a Roskomnadzor apontou que essas séries não foram corretamente catalogadas, uma vez que incluem conteúdo adulto (de acordo com a legislação do país), o que não foi percebido pela plataforma. O escritório federal já tinha enviado avisos à Crunchyroll que na altura foi forçada a restringir o acesso à série anime Isekai Maou to Shoukan Shoujo no Dorei Majutsu (How NOT to Summon a Demon Lord).

A Crunchyroll emitiu um comunicado sobre o banimento, informando que tentará resolver a questão o mais rápido possível:

Amigos, por motivos alheios à Crunchyroll, alguns utilizadores podem ser impedidos de aceder à versão desktop do serviço. A nossa equipa está a trabalhar da melhor forma para resolver a situação o mais rápido possível. Pedimos desculpas pelo transtorno e esperamos a vossa compreensão.

FONTECrunchyroll Russia na VK
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.