Aggretsuko Retsuko – Análise anime

Aggretsuko_Retsuko_Análise_anime

Nesta Temporada de Primavera tivemos a estreia de diversos animes semanais em que o publico já estava com altas expectativas, como My Hero Academia () ou por exemplo. Seguindo para o sentido contrario a  estreio de forma completa em seu catálogo o anime Aggretsuko Retsuko, que possui de 10 episódios com 15 minutos de duração, e em menos de 15 dias a série já possui uma boa popularidade entre o publico fã de animes e pessoas de fora do nicho. Pegando um dos mascotes da Sanrio (uma empresa japonesa de artigos de papelaria) como protagonista, este anime se mostrou ser diferente ao ter em seu plot inicial abordando temas que estão muito em destaque atualmente dentro da indústria japonesa e também em outras empresas ao redor do mundo.

O anime foi animado pelo estúdio Fanworks, com roteiros e direção de Rareko e exibição e distribuição exclusiva pela . A série mostra a historia de Retsuko, uma panda vermelha de 25 anos que trabalha no departamento de contabilidade da sua empresa de sonhos. Mas acontece que ela é obrigada a continuar a fazer tarefas cada vez mais impossíveis pelos seus superiores e colegas de trabalho. Ela não protesta com eles, mas ainda assim ela tem que desabafar e acaba por fazer karaoke sozinha e cantar death metal.

Nesta análise com pequenos spoilers, irei falar sobre este anime que possui personagens fofinhos, situações que poderiam ser reais e que vem aos poucos agradando o publico e sendo repercutido na internet através da redes sociais graças aos diversos (e divertidos) memes que vem surgindo sobre a série.

Aggretsuko_Retsuko_Análise_anime_01

Uma das ideias principais de Aggretsuko Retsuko é se utilizar da comédia para falar sobre diversas questões cotidianas e o assedio moral dentro das empresas é o questão que possui maior repercussão na série, no decorrer do anime vemos Retsuko passando por situações que envolvem a personagem ter de cumprir funções de escritório de outras pessoas, ficar além do seu horário de serviço, executar tarefas pífias para seu chefe, entre outras coisas. Neste ponto a série acerta bem no roteiro ao simular situações que são reais e que podem (infelizmente) acontecer com qualquer pessoa e em qualquer empresa, sem falar que o publico (seja masculino ou feminino) que já passou por este tipo de experiência (incluindo eu) consegue se identificar bem com alguns dos sentimentos da personagem principal quando ela passa por estas ocorrências.

Outro ponto a favor do anime é a utilização de animais como personagens, assim o publico também tem outro fator que possibilita a fácil identificação de cada tipo de estereótipo dentro do ambiente de trabalho (como o personagem que representa o estereótipo do falso ser uma cobra, o puxa saco ser um cachorro, o chefe ser um porco). Porém a sociedade dentro da série lembra bastante o nosso mundo, com vendedores de loja insistentes ou metro lotado no horário de rush.

Mesmo que o foco maior em Aggretsuko Retsuko seja o assedio moral o anime também fala sobre planejamento de futuro, desde o inicio vemos que Retsuko não possui mais interesse em continuar em seu trabalho mas a personagem também não possui um planejamento sobre o que pretende fazer no futuro e se agarra a qualquer plano que envolva uma saída rápida e fácil de seu emprego atual, como abrir uma loja com outra pessoa ou se casar e virar dona de casa. Nesta parte o anime fala principalmente sobre os trabalhadores que não possuem planos pessoais ou perspectivas para o próprio futuro após assumir um cargo em uma empresa ou repartição publica.

Aggretsuko_Retsuko_Análise_anime_02

Se Aggretsuko Retsuko for analisado episodicamente a série funciona muito bem, mas se formos analisar ela como um todo fica perceptível que sua historia não possui coragem para ir além dos limites no assunto do assedio moral. No decorrer dos episódios Retsuko passa a ser pressionada ao máximo por seus assediadores dentro do escritório, mas, quando eu achava que a série iria chegar a um ponto irreversível aonde a personagem não teria opção a não ser enfrentar eles de frente e tomar uma decisão definitiva, mas o anime ignora tudo o aconteceu até aquele momento e inicia em seu final um arco de três episódio usando uma fuga psicológica aonde a Retsuko prefere viver uma ilusão que machuca ela de outras formas apenas para não ter que encarar os problemas que está sofrendo e sua desmotivação dentro ambiente de trabalho.

Com este arco final o anime acaba quase que ignorando tudo o que foi mostrado desde o inicio sem qualquer tipo de justificativa e ainda acaba mostrando uma cena aonde a protagonista tem que tomar uma decisão em um momento em que todos do setor tinham que “dar o seu sangue pela empresa”. Sem falar que a ultima cena do anime acaba sendo o ultimo prego no caixão da proposta inicial da série e acaba mostrando que não houve quase nenhuma (ou talvez nenhuma) real consequência para a personagem no final do anime, o significa que a série começa de uma forma e termina exatamente da mesma forma.

Aggretsuko_Retsuko_Análise_anime_03

O visual da animação de Aggretsuko Retsuko é o seu diferencial dentro do anime, o desenho dos personagens são bastante coloridos e únicos para cada um deles, mas os poucos background de cenário mostrados no decorrer do anime possuem poucos detalhes em seu desenho. A animação não possui tanta movimentação como em um anime convencional e os personagens podem acabar repetindo as mesmas expressões físicas diversas vezes no decorrer da série, algo muito próximo do que seria uma animação em flash. O ritmo da série é dinâmico e os 15 minutos de cada episódio são na medida certa para contar apenas o necessário e sem qualquer tipo de enrolação.

Já a trilha sonora da série possui poucas musicas, o que significa que alguma das musicas da trilha vai ficar alguma hora dentro da sua cabeça, e a musica de death metal cantado sempre por Retsuko é o mesmo em todos os momentos do anime. Por fim (e não menos importante), o elenco de voz da série funciona principalmente na parte de comedia e conseguem dar um ar um pouco mais dramático quando necessário, mas o mais surpreendente é que cada a voz de cada membro do elenco acaba combinando com o seu respectivo personagem.

No geral, Aggretsuko Retsuko funciona bem como comédia episódica mas acaba sendo covarde em seu final ao ignorar tudo o que havia acontecido deste o inicio do anime. A abordagem de assuntos como assedio moral e planejamento pessoal é interessante para a historia da série, mas infelizmente estes assuntos são ignorados no arco final para dar margem a algo que finalizou o anime de uma forma exatamente igual ao inicio da série. A animação possui personagens bastante coloridos e únicos, mas que acabam repetindo mesmas expressões físicas como uma animação em flash. A trilha sonora da série possui poucas musicas, mas o elenco de voz da série funciona perfeitamente na parte de comédia e conseguem dar um ar um pouco mais dramático quando necessário.

Aggretsuko_Retsuko_Análise_anime_04

Um fã de animes, cinema, games, séries e com um gosto musical incomum. Membro brasileiro do OtakuPT e estudante de Processos Fotográficos.