Anime de Koi to Yobu ni wa Kimochi Warui estreia na Primavera de 2021

Anime de Koi to Yobu ni wa Kimochi Warui estreia na Primavera de 2021

O site oficial da adaptação para série anime do mangá Koi to Yobu ni wa Kimochi Warui (It’s Disgusting to Call This Love) de Mogusu revelou que a estreia nas TVs vai acontecer na Primavera de 2021. Podem ver em cima uma imagem promocional do anime.

Foi igualmente revelado o staff. A animação é da responsabilidade do estúdio Nomad (Dropkick on My Devil!), a direção é de Naomi Nakayama (Orange), o argumento é de Yuuko Kakihara (Orange, Chihayafuru 2, Digimon Adventure tri.) e o design de personagens é de Mariko Fujita (Galaxy Angel, Rosario + Vampire, Urahara) que é também diretor chefe de animação. A música é da responsabilidade de Hiroaki Tsutsumi (Orange, Children of the Whales).

  • Diretor de arte: Masakazu Miyake
  • Cor Chave: Naoko Kodama
  • Diretor de fotografia: Shinya Matsui
  • Edição offline: Chinami Watanabe
  • Diretor de áudio: Kisuke Koizumi
  • Produção de Áudio: Sonilude / BloomZ
  • Produtor de animação: Toru Ikawa
  • Produtor: Shunsuke Saito
  • Produtor Executivo: Kouichirou Natsume

Koi to Yobu ni wa Kimochi Warui vai ter anime

Para comemorar o anime, o site Pool está a oferecer os três primeiros capítulos do mangá gratuitamente até 30 de junho de 2021.

Depois de se apaixonarem por alguém, já não podem parar o amor. Um encontro estranho estimula a reunião de Amakusa Ryou com a melhor amiga da sua irmã do ensino médio, Arima Ichika. A partir dai ele apaixona-se loucamente. Por um lado, ele aproxima-se dela com métodos quase diretos demais, enquanto ela responde simplesmente com nojo, insultando-o sem hesitar … e ele toma isso como a sua maneira de mostrar amor.

Esta é uma comédia romântica sobre um funcionário distorcido e uma menina normal do ensino médio otaku.

Koi to Yobu ni wa Kimochi Warui começou a ser publicado no Pool da pixiv Comic em 2016 e o 7º volume foi lançado em janeiro de 2020. No total o mangá já conta com mais de 1 milhão de cópias.

FONTEkoikimo.jp
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.