Anunciada série anime de Arknights

O twitter oficial do jogo mobile Arknights revelou que está em produção uma adaptação para série anime. No anúncio podemos ler que a temporada 1 “Prelude to Dawn” está já a ser animada pelo Yostar Pictures, o estúdio de animação criado pela Yostar, a editora de Azur Lane.

O chinês Studio Montagne e a Hypergryph lançaram o jogo na China em maio de 2019 e, de seguida, a Yostar lançou o jogo mundialmente em janeiro de 2020. O jogo já inspirou vários vídeos animados e uma curta animada de nove minutos “Holy Knight Light” em dezembro de 2019 marcando o primeiro aniversário de Arknights. Podem ver a curta em baixo.

A Yostar fundou o estúdio de animação Yostar Pictures no início de 2020. O CEO da Yostar, Hengda Li, é o diretor representante da Yostar Pictures. A Arch, uma empresa sediada em Tóquio que ajudou na produção do filme anime Promare, participou na criação do estúdio e está a administrar o estúdio.

Sinopse de Arknights

O jogo acontece num futuro distópico e pós-apocalíptico do planeta Terra, onde as pessoas exibem características kemonomimi – características de animais ou raças mitológicas. Os desastres naturais que atingiram o mundo ajudaram na produção de um valioso mineral, o Originium, que possibilita o uso das “artes” (mágicas) e que costuma infetar as pessoas com uma doença progressiva, o vírus Oripatia.

Devido à taxa de mortalidade de 100% da doença e à sua alta infectividade no momento da morte, a hostilidade para com os infectados espalhou-se, levando à quarentena em massa e à expulsão dessas pessoas pelos governos em todo o mundo, e causou tensões entre infectados e não infectados.

O jogador assume o papel do “Doctor”, que lidera uma equipa de “operadores” da ilha de Rodes, uma organização farmacêutica, médica e de autodefesa. À medida que o vírus Oripathy se espalha, a equipa deve procurar por uma cura enquanto se defende de ameaças como o Movimento Reunion, uma força militar anarquista infectada empenhada em derrubar os governos da Terra em vingança pela caça às vítimas do vírus Oripathy.

FONTE@ArknightsStaff
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.