Aya e a Feiticeira flopou de forma brutal nos cinemas portugueses

Menos de 30 pessoas assistiram este fim-de-semana à estreia de Aya e a Feiticeira em Portugal

Grande parte do público português provavelmente não se apercebeu mas no fim-de-semana passado estreou em Portugal o filme anime Aya e a Feiticeira (Earwig And The Witch / Aya to Majo) o primeiro filme anime totalmente 3DCG do Studio Ghibli.

Neste seu fim-de-semana de estreia Aya e a Feiticeira foi visto em Portugal por menos de 30 pessoas, sendo superado por Demon Slayer: Comboio Infinito que já vai na sua 8ª semana de exibição, sim 8ª semana, um dos filmes anime que se conseguiu manter mais tempo nas salas de cinema portuguesas.

Com uma campanha promocional praticamente inexistente, a Outsider Films (que adquiriu a licença de distribuição em Portugal) lançou um trailer em junho e os Cinemas NOS lançaram um trailer na véspera da estreia nos cinemas, o não investimento promocional neste título e a não associação a sites da especialidade resultou na pior estreia em Portugal de um filme anime e ainda para mais do famoso e conceituado Studio Ghibli.

Atualmente em Portugal apenas dois cinemas mantém o filme em exibição, são eles o Cinema City Alvalade (Lisboa) e o NOS Cinemas Almada Forum.

Aya e a Feiticeira esteve também presente dia 26 de julho no Cinema São Jorge como parte do Monstra 2021, o 20º festival de animação de Lisboa.

FONTEICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.