Blue Reflection Ray vai ter 24 episódios

O site oficial de Blue Reflection Ray, a adaptação para série anime o jogo Blue Reflection (Blue Reflection – Maboroshi ni Mau Shōjo no Ken) da Gust, revelou que a série vai ser formada por 24 episódios que serão posteriormente lançados em 6 volumes DVD/BD.

  • Volume 1 (episódios 1 a 4) – 28 de julho de 2021.
  • Volume 2 (episódios 5 a 8) – 25 de agosto de 2021.
  • Volume 3 (episódios 9 a 12) – 29 de setembro de 2021.
  • Volume 4 (episódios 13 a 16) – 27 de outubro de 2021.
  • Volume 5 (episódios 17 a 20) – 24 de novembro de 2021.
  • Volume 6 (episódios 21 a 24) – 22 de dezembro de 2021.

A animação é do estúdio J.C Staff (Edens Zero), a direção é de Risako Yoshida (The Irregular at Magic High School: Visitor Arc, Diabolik Lovers More, Blood), o argumento é de Akiko Waba (EUREKA SEVEN AO, A Lull in the Sea, Lostorage incited WIXOSS) e o design de personagens é de Koichi Kikuta. Yoshikazu Iwanami é o diretor de som na Magic Capsule e Daisuke Shinoda está a compor a música. O tema de abertura é de EXiNA.

Quanto a seiyuu temos:

  • Manaka Iwami como Hiori Hirahara.
  • Haruka Chisuga como Ruka Hanari.
  • Yuka Takakura como Momo Tanabe.
  • Hitomi Ohwada como Miyako Shirakaba.
  • Reina Ueda como Mio Hirahara.
  • Nina Tamaki como Nina Yamada.
  • Rui Tanabe como Uta Komagawa.
  • Shiori Izawa como Shino Mizusaki.

O jogo foi lançado para PlayStation 4 e PC via Steam na América do Norte e Europa em setembro de 2017. O jogo foi lançado no Japão em março de 2017 para PS4 e PlayStation Vita.

No site oficial podemos ler:

Um céu limpo de verão estende-se por cima do liceu Hoshinomiya Girls’ High School.
Esta história começa com o início tardio da vida escolar de Hinako Shirai, que acabou de recuperar de uma lesão na perna provocada por um acidente trágico.

As irmãs mágicas Yuzu e Lime concederam-lhe um poder especial para se tornar uma “Reflector”.

Hinako transforma-se na sua forma mágica de Reflector para proteger o mundo de forças devastadoras, não só para o bem do mundo, mas também pelo sonho do qual pensava já ter desistido.

 

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.