Comité de ética japonês responde a queixas sobre Demon Slayer

O filme anime de Kimetsu no Yaiba (Demon Slayer) foi a maior transmissão de anime de todo o século XXI com a Fuji TV a registar números impressionantes de visionamentos. Como o filme anime é uma continuação direta da primeira temporada, a Fuji TV também mostrou dois especiais de recapitulação no início do mês, contendo extensas sequências da série.

Mas nem todos ficaram satisfeitos com os episódios resumo. Após a exibição dos especiais, o , o comité de ética de radiodifusão japonesa, recebeu uma série de reclamações sobre “a transmissão no horário nobre de um trabalho anime com um filme famoso”, uma descrição que só se aplica a Demon Slayer durante o período de tempo em que as reclamações surgiram. Entre as reclamações estavam “Há muitas cenas de derramamento de sangue e crueldade” e “Fiquei incrivelmente desconfortável com as representações grotescas de pessoas a ser comidas, um braço a ser arrancado e outros atos terríveis de violência”.

Embora o BPO seja uma organização não governamental o seu status de proeminência no Japão significa que as suas investigações, declarações e recomendações para as emissoras têm uma certa influência.

Sobra as reclamações o BPO afirmou:

A popularidade da série e do filme sugere que o seu conteúdo foi considerado aceitável.

Além disso, o conceito de discrição voluntária do espectador enquanto assiste é amplamente compreendido e aceite.

Subscreve
Notify of
guest
8 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Nuno Alves
Nuno Alves
15 , Outubro , 2021 8:16

Manias de hoje em dia…

Ronanfalcon
Ronanfalcon
Reply to  Nuno Alves
2 , Novembro , 2021 17:41

Sempre teve isso, o “hoje em dia” se aplica a você lendo isso, apenas.

Hugo Almeida
Hugo Almeida
14 , Outubro , 2021 13:42

O que acho incrível é que animes violentos passam na boa nas TVs mas os dos Ecchis não

Ronanfalcon
Ronanfalcon
Reply to  Hugo Almeida
2 , Novembro , 2021 17:41

Apesar de eu concordar com sua linha de pensamento, é preciso entender/lembrar que classificação etária pra violência, na vasta maioria dos casos, é menor que a de conteúdo pornográfico/hentai (no brasil, a média é um máximo de 16, contra 18, respectivamente, por exemplo).

Hugo Almeida
Hugo Almeida
Reply to  Ronanfalcon
3 , Novembro , 2021 14:43

O que não faz sentido porque na minha opinião, acho que é muito mais chocante pra crianças cenas como cortar cabeças, cortar corpo em 2, etc como acontece neste anime ou do Akame ga Kill, Attack of Titans,etc do que garotas nuas como acontece com To Love-ru, Highschool DxD, etc

🍦Pico🍦
🍦Pico🍦
13 , Outubro , 2021 20:49

Pessoal lá ainda tá reclamando disso ?
Nunca devem ter visto happy tree friends quando crianças kkkkk.🍦

Fanjos
Fanjos
16 , Outubro , 2021 23:52

Japa já foi mais cabra macho viu …

Ronanfalcon
Ronanfalcon
2 , Novembro , 2021 17:42

Engraçado é considerar que já foi exibido antes – eu sei que é questão de horário, por isso eu disse “engraçado”.