Criador de Dragon Ball admite que o especial de Bardock o fez chorar

Dragon Ball Z O Pai de Goku

O especial Dragon Ball Z: O Pai de Goku foi exibido na Fuji TV no dia 17 de outubro de 1990, entre os episódios 63 e 64 de Dragon Ball Z, e foi bem emotivo levando mesmo às lágrimas o criador da obra, Akira Toriyama.

O especial prometia expandir o lore de Dragon Ball Z assim que a série começou a ganhar tração fora do Japão. O projeto foi pensado para ser não canónico, já que Toriyama não trabalhou no especial, mas isso foi rapidamente desmentido. A história de Bardock foi tão bem conseguida que rapidamente foi adotada pelos fãs e também pelo próprio Toriyama. Afinal, o especial levou o criador às lágrimas, por isso não é surpresa saber que ele aprova a sua história.

Akira Toriyama afirmou:

Aquele especial foi bom. Chorei. Como conseguiram fazer uma história muito melhor do que o mangá original.

A história do especial foi escrita por Takao Koyama que numa entrevista conjunta revelou que ficou muito contente quando a história de Bardock chegou ao mangá, ao que Toriyama respondeu:

Isso porque eu queria usá-la, não importa o quê…. Então foi assim que foi. Essa última cena foi muito triste.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.