Destaques “Seisaku” da Semana #2

Destaques “Seisaku” da Semana #2

Nesta segunda edição do quadro “Destaques “Seisaku” da Semana” irei falar um pouco sobre as novidades no staff da segunda parte de Haikyuu!! To The Top, e alguns dos episódios que mais se destacaram esta semana, entre eles estão The God of High School, Kanojo, Okarishimasu (Rent-a-Girlfriend), Lapis Re:LiGHTs, Maou Gakuin no Futekigousha, Sword Art Online: Alicization: War of Underworld Parte 2, One Piece e Digimon Adventure (2020).


Haikyuu!! To The Top Parte 2

Finalmente depois do seu adiamento temos sabemos a data de estreia para a 2ª parte da quarta temporada de Haikyuu!, e além dos trailers que nos revelam já a participação de alguns animadores regulares da primeira parte desta temporada, também temos uma boa novidade no staff que irá afetar positivamente a sua animação. 

Desde já, olhando atentamente para as cenas animadas do trailer posso presumir que pelos traços de alguns desenhos que Sachiko Fukuda vai continuar a ter uma presença regular, tal como, o supervisor de ação Hideki Takahashi.

O novidade no staff é a adição da animadora Yuki Satō no cargo de supervisora de ação, fazendo companhia ao já supervisor de ação da temporada anterior Hideki Takahashi. Agora vocês se perguntam como a animação irá mudar para melhor apenas com a adição de uma supervisora de ação… Para explicar melhor terei de vos dar a conhecer melhor a talentosa animadora e supervisora de animação Yuki Satō. Yuki é uma das mais talentosas animadoras freelancer da indústria, anteriormente vinculada à Production I.G, que começou a ser mais conhecida pelas várias cenas que desenhou em My Hero Academia que se destacavam por pormenores como os seus “borrões” muito característicos acompanhados por linhas de desenho mais grossas, também os seus efeitos extremamente detalhados e realistas muito acima da média.

Posteriormente ainda veio a ser uma das principais animadores de ação na primeira temporada de Fire Force onde reforçou ainda mais o seu talento para desenhar extraordinárias sequências de ação com efeitos de tal nível detalhados que apenas são igualados pelo principal animador de ação da série Kazuhiro Miwa que partilha de um estilo algo similar em alguns aspetos. A lembrar que Yuki Satō também pode ser uma animadora versátil como podem ver nesta cena extremamente fluida de animação de personagens.

Mais recentemente ela esteve envolvida nos dois primeiros episódios da segunda temporada de Fire Force com duas sequências impressionantes, só que essas seriam as únicas sendo que Yuki se despediu da série mais cedo devido à sua participação na nova temporada de Haikyuu!. Série que já esteve envolvida no passado, mais especificamente na primeira parte da 4ª temporada, a sua participação em grande parte se deve à sua relação próxima com a Production I.G. Em suma, podem esperar muitas correções como supervisora de ação que irão melhorar o nível de desenho e também (eu espero) algumas cenas desenhadas pela própria como a que podem ver abaixo.


The God of High School #07

Este episódio de The God of High School foi dirigido por Masataka Akai e, mais uma vez, teve storyboards do diretor geral Sunghoo Park. Já esperava um episódio bem calmo em relação à animação, mas rapidamente vi que não iria ser após ver esta cena visceral logo no primeiro embate. Apesar do episódio ter tido várias cenas bem animadas durante os combates no ringue, queria destacar o excitante embate entre os júris do torneio e os membros da Nox

Mais uma vez Sunghoo Park provou ser um perito absoluto em aproveitar o espaço tridimensional que tem à sua disposição, mesmo que tenha como palco uma penthouse com um espaço razoavelmente limitado, especialmente para combates de grande escala que envolvem criaturas enormes. Park tornou essa limitação numa vantagem, utilizando toda a dinâmica dos seus storyboards com a extrema habilidade dos animadores que tinha à disposição.

Falando de animadores com grande habilidade, mais uma vez Keiichiro Watanabe provou porque é um dos melhores animadores da indústria com os seus desenhos incrivelmente dinâmicos que fazem jus aos storyboards e não só, os seus efeitos de transformação são sem igual. Mais? Só vendo e apreciando.


Kanojo, Okarishimasu #07

Com um episódio dirigido pelo diretor da série Kazuomi Koga e com a supervisão da designer de personagens Kanna Hirayama acompanhada de outros 9 supervisores, honestamente não esperava que viesse coisa boa. Mas, mais uma vez eu fui provado estar errado. 

Acabou por ser o episódio com melhor animação da série, com jovens animadores como Yuitsu Kusakabe que desenhou uma sequência bem expressiva de animação de personagens que apesar de ser limitada em termos de quantidade de desenhos não deixou de expressar os sentimentos das personagens através de pequenos movimentos e poses.

Shino Kuzuhara retratando de forma hábil o caminhar doloroso de Kazuya após uma queda, e a tentativa de fuga e luta para libertar-se de Ruka com belos movimentos e fluidez na animação.

Talvez a grande surpresa do episódio que foi a sequência do animador novato Akira Okuda, que foi creditado pela primeira vez como animador-chave. E logo com esta sequência impressionante de mais de um minuto repleta de animação fluída e boa atuação de personagens.

Por último, ficam as correções de Kanna Hirayama na cena de Mai Watanabe:


Lapis Re:LiGHTs  #08

Mais um excelente episódio de Lapis Re:Lights, com storyboards por Hideki Nagamachi, direção por Norikazu Ishigōoka e dois dos supervisores regulares da série Guonian Wang e Tarō Ikegami (designer de personagens).

Tarō Ikegami que além da sua supervisão ao longo do anime também animou algumas cenas de destaque, em específico as cenas das atuações musicais desenhadas em 2D. Tendo em conta que 90% das cenas das atuações são feitas em 3DCG, não muito boas diga-se já de passagem, é bom saber que o designer de personagens dedica um pouco do seu já escasso tempo para dar mais algum brilho às atuações. 


Maou Gakuin no Futekigousha #08

O destaque do episódio 8 de Futekigosha vai para o talentoso da Silver Link Kohei Kobayashi que presumivelmente foi o responsável pela melhores cenas de ação do episódio como podem ver acima.


Sword Art Online: Alicization
War of Underworld Parte 2 #07

Neste episódio de SAO com Shunsuke Nakashige a acumular as funções de storyboarder, diretor e um dos supervisores de animação, destaca-se pela ausência de alguns dos animadores mais regulares até então na série em contraste com a presença de muitos animadores novatos. O que levou a que, apesar de a animação ser fluída e as sequências de ação tenham sido minimamente competentes, os desenhos não estiveram ao nível habitual mesmo com a presença do supervisor de ação Hirokatsu Maruyama.

Independentemente disso, foi um episódio repleto de belas cenas de ação com destaque para o animador Isuta Meister, animador com grande presença em Black Clover, que foi responsável por algumas das melhores sequências do episódio. 


One Piece #938

Este episódio de One Piece destaca-se pela presença do animador chinês ace da Toei Animation, Yong-ce Tu que foi o responsável pela melhor sequência de ação do episódio. Falando mais sobre o Yong-ce Tu, para perceberem melhor sobre a importância dele na atual realidade de One Piece teríamos de recuar às suas primeiras participações nos animes da Toei Animation.

Yong-ce Tu terá começado como animador intermediário (inbetwener) e animador-chave secundário (2nd key animator) em séries como Magi (onde teve um episódio em que esteve ao lado de outro animador chinês bem conhecido, Chengxi Huang), GARO e Kiznaiver. Ele finalmente foi promovido a animador-chave em Maho Girls PreCure, a partir daí começou a participar em mais séries através da Toei Phils. (um dos estúdio secundários da Toei Animation), não deixando claro de participar em outros animes fora do estúdio muitas vez ainda como animador-chave secundário devido à sua falta de experiência. Além da Toei Animation, ele também participou em franquias da OLM como Cardfight!! e Pokemon onde também foi ganhando cada vez mais experiência como animador-chave.

No entanto, foi na série de Dragon Ball Super que foi ganhando mais destaque, sendo responsável muitas das sequências de ação num anime relativamente pobre nesse aspeto em termos de qualidade.

Voltando então a One Piece foi apenas no arco Whole Cake Island que ele entrou em ação, mais especificamente no episódio 832, no entanto a sua influência começou a notar-se ainda mais durante a luta climática entre Luffy contra Katakuri onde ele provou ser um animadoe extremamente rápido a desenhar e com desenhos que se destacavam dos demais.

O seu melhor trabalho no arco viria a ser no episódio #857, onde animou literalmente metade do episódio cheio de ação no qual animou 138 cortes (a pedido do próprio sendo que ele queria muito desenhar Luffy na sua forma Gear 4th) sendo a maioria sendo de sequências de ação em apenas 3 semanas.

Avançando até ao arco de Wano, ele tem sido o animador principal da série desde então, tendo participado em cerca de 20 episódios do arco até ao momento e tem estado em praticamente todos os momentos chave partilhando destaque com alguns dos melhores e mais experientes animadores da franquia como Katsumi Ishizuka e Takashi Kojima.

Curiosidade:

Ele é grande amigo de outro animador chinês atualmente na produção de One Piece chamado de Junwen Tan, que foi o responsável por esta sequência espetacular no episódio 933:


Digimon Adventure (2020) #12

Ryo Onishi foi o grande destaque do episódio com a sua extraordinária sequência fluída de transformação do Agumon repleta efeitos e ângulos incríveis. A notar que a sequência é desenhada pelo próprio Onishi apesar de parecer conter alguns elementos 3DCG, isso deve-se ao efeitos adicionados pela equipa de fotografia sobrepostas às linhas em 2D.

Não menos importante este episódio também teve uma excelente direção e storyboards. Foi um episódio com quadros com excelente composição e impacto emocional.

Curiosidade sobre este episódio foram as claras referências ao filme do  de Hayao Miyazaki, Laputa: Castle in the Sky.