Diretor de Gundam diz que lhe restam apenas 3 anos de trabalho na indústria anime

Complicações de saúde limitam o tempo de Yoshiyuki Tomino na indústria anime

Diretor de Gundam diz que lhe restam apenas 3 anos de trabalho na indústria anime

Numa recente entrevista à Weekly Playboy, Yoshiyuki Tomino, o diretor de Mobile Suit Gundam, revelou que tem sofrido de complicações de saúde e prevê que lhe restem apenas três anos a trabalhar em anime no estúdio.

O diretor de 79 anos explicou que tem estenose do canal vertebral, que é um estreitamento dos espaços dentro da coluna vertebral, causando pressão sobre os nervos. Isso causa dor e entorpecimento nas costas e nas pernas, tornando difícil para ele mover-se livremente. Ele comentou que quando vê vídeos de si mesmo a caminhar, parece uma pessoa doente.

Por outro lado, revelou que está totalmente vacinado contra o COVID-19, tendo recebido a segunda injeção em junho. Quando questionado se experimentou efeitos colaterais, ele respondeu que o seu corpo estava pesado por 3-4 horas após receber as injeções. No entanto, ele também disse que entende que com tantas pessoas a receber a vacina, algumas podem ser incompatíveis, então, ao contrário de um determinado segmento da sociedade, ele não tem intenção de criticá-la.

Na mesma entrevista, Tomino afirmou que não participou do filme Mobile Suit Gundam Hathaway, baseado na série de três volumes que escreveu de 1989 a 1990. Embora não faça comentários sobre o filme, descreve-o como um trabalho do diretor, e disse que poderia ter tido discussões apaixonadas com o diretor sobre a adaptação se ele não estivesse tão ocupado com Gundam: Reconguista in G. Ele comentou que agora entende a posição que Osamu Tezuka ocupava quando Tomino dirigiu a adaptação do anime Triton of the Sea. Ele descreveu Tezuka como alguém que não se importava muito com a produção do anime e, com muito tato, evitava expressar os seus sentimentos como o criador original.

Quando questionado sobre a adaptação live-action de Gundam por Hollywood, ele disse que geralmente não faz comentários sobre isso. No entanto, ele admitiu que gostaria de ser convidado para o dirigir, embora entenda que, com a sua idade, está muito velho para fazer obras de ação em Hollywood. Ele reconheceu por experiência própria como estudante que filmar é um trabalho fisicamente exigente.

FONTEWeekly Playboy
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.