Diretora defende animação de Gokushufudou muito criticada pelos fãs

Recentemente vimos o trailer (em cima) da adaptação para série anime do mangá The Way of the Househusband (Gokushufudou) de Kousuke Oono e começaram a chover críticas à animação.

Esta nova produção dos estúdios J.C.STAFF foi amplamente criticada por fãs que afirmam já ter visto apresentações em PowerPoint no mesmo nível.

As críticas foram tantas que a diretora da série anime, Chiaki Kon (Arcana Famiglia, Back Street Girls: Gokudolls, Higurashi no Naku Koro ni), veio a publico defender-se a dizer que este foi o estilo de animação pedido.

No vídeo promocional foi adotada uma produção “imóvel” dos painéis do manga. Os produtores disseram-se “Faça uma animação que pareça um mangá! Que os personagens não se mexam!”, e deu muito trabalho… Houve cenas em que pensei: “Seria muito mais fácil se fizéssemos do zero da forma tradicional”. Enfim, o trabalho era muito complicado.

O autor do mangá também já se pronunciou sobre a animação:

Achei que o método de animação se adequava muito bem à atmosfera acelerada do trabalho original. Senti que a velocidade das piadas não era prejudicada pelas várias maneiras de mostrar e dirigir com materiais limitados. Também acredito que as atuações dos seiyuu podem ser sentidas e apreciadas diretamente.

Com estreia agendada para o dia 8 de abril de 2021, a animação é do estúdio J.C.STAFF, a direção é de Chiaki Kon (Back Street Girls: Gokudolls, Bishoujo Senshi Sailor Moon Eternal Movie 1, Golden Time, Higurashi no Naku Koro ni) e o argumento é de Susumu Yamakawa (Back Street Girls: Gokudolls, Maiko-san Chi no Makanai-san)

The Way of the Househusband segue um membro aposentado da yakuza conhecido como “Immortal Tatsu”, que está a viver sua carreira pós-crime como dono de casa. Ele ainda consegue encontrar problemas de vez em quando, só que desta vez no corredor do supermercado, em vez de um beco.

Capa do volume 2 de The Way of the Househusband
Capa do volume 2 de The Way of the Househusband

The Way of the Househusband começou a ser publicado na Kurage Bunch da Shinchosha em fevereiro de 2018 e a Shinchosha lançou o seu 5º volume a 9 de junho de 2020. A Viz Media está a publicar o mangá em inglês e o seu 4º volume foi lançado a 15 de setembro de 2020.

O mangá ganhou a categoria de Melhor Publicação de Humor nod Will Eisner Comic Industry Awards deste ano. A obra inspirou também uma adaptação para série live-action.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.