Entrevista ao mangaka brasileiro Yuu Kamiya (No Game, No Life)

Vai ser já em Abril que vai estrear nas TVs japonesas a adaptação para anime da light novel  do brasileiro  (Thiago Lucas Furukawa).

Ele foi descoberto no (Comiket), um evento que reúne milhares de desenhistas amadores em Tóquio para expor seus trabalhos. Mais tarde começou a fazer ilustrações para o site de uma editora de mangas até lançar a sua primeira obra Earth, na Dengeki Maoh.

A entrevista que podem ver em cima foi feita antes de ele começar a lançar a light novel  , mal ele sabia que seria esse o trabalho que despertaria o interesse dos estúdios  e que lhe abriria as portas para uma série anime. No vídeo ele explica como foi o seu percurso e dá conselhos a quem quer seguir a carreira de mangaka no Japão.

 já vendeu mais de 500 mil exemplares no Japão.Podem visitar aqui o seu site oficial (em japonês).

A história de  desenrola-se à volta de dois irmãos Sora e Shiro cuja reputação de gamers NEET se tornou uma lenda urbana na internet. Estes dois gamers consideram até a vida real como qualquer outro jogo de baixa qualidade.

Um dia eles são convocados para um mundo alternativo por uma garoto chamado “God”. Nesse mundo “God” proibiu a guerra e declarou que tudo se iria decidir através de jogos, até as fronteiras dos países. A humanidade foi reduzida a uma única cidade pelas outras raças. Será que Sora e Shiro se vão tornar nos “salvadores da humanidade” neste mundo alternativo?

O diretor é Atsuko Ishizuka, o estúdio é o e o design de personagens é de Koji Odate.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.