Estúdio Gonzo transfere algumas das suas propriedades para novo estúdio

Com dificuldades financeiras, estúdio Gonzo transfere algumas das suas propriedades para novo estúdio

Estúdio Gonzo transfere algumas das suas propriedades para novo estúdio

O estúdio de animação revelou que executou uma “divisão de empresas do tipo absorção” e transferiu uma parte de sua produção de animes, propriedade intelectual e negócios de gerenciamento de direitos para o recém-formado Studio KAI.

O relatório financeiro anterior do estúdio para o ano terminado em dezembro de 2018 registou vendas de 1,527 bilhão de ienes (cerca de 13,70 milhões de dólares), uma perda operacional de 399 milhões de ienes (cerca de 3,58 milhões de dólares) e uma perda total de 597 milhões de ienes (5,35 milhões de dólares) para a empresa. O estúdio revelou uma insolvência de 3,401 bilhões de ienes (30,5 milhões de dólares) no ano.

Ex-membros do estúdio Gainax fundaram o estúdio anime em 1992. A empresa fundiu-se com a empresa Digimation de Shinichiro Ishikawa em 2000 e uma nova empresa-mãe, a GDH (sigla para Gonzo Digimation Holdings), foi formada. A GDH absorveu o estúdio em 2008 e adotou o nome GONZO para si. A Bolsa de Valores de Tóquio listou a GONZO em 2004, mas removeu a empresa em 2009. A empresa foi reestruturada através de fundos de investimento, e a Asatsu-DK adquiriu e transformou a GONZO numa subsidiária consolidada em 2016.