Fãs de anime continuam a ser o tipo mais comum de “Otaku”

Anya Forger

Aqui no OtakuPT muitas vezes somos confrontados com a crítica de porque é que falamos sobre videojogos, sobre cinema, sobre tecnologia, e parte disto está relacionada com a perceção errada no ocidente do termo “Otaku” que é popularmente utilizado nos países asiáticos.

Quando muitos ouvem a palavra “otaku”, pensam que se refere apenas a fãs de mangá e anime, porém, a palavra “otaku” simplesmente refere-se a “ser um grande fã de”.

É por esta razão que quando falamos de otakus nos podemos estar a referir a muitos hobbies, por exemplo, “otaku dos ídolos” refere-se aos fãs de cantores japoneses; “otaku de aviões” refere-se a fãs de aviões em escala, como o popular diretor Hayao Miyazaki; e até mesmo o “otaku de carros” que se refere aos fãs de carros.

O termo “otaku” pode ser usado como pejorativo, e a sua negatividade deve-se a uma visão estereotipada dos otakus como párias sociais e às informações que a mídia divulgou sobre Tsutomu Miyazaki, “o assassino otaku”, em 1989. Segundo estudos publicados em 2013, o termo tornou-se menos negativo, com mais e mais pessoas a identificar-se como otaku, tanto no Japão quanto no ocidente. Dos 137.734 adolescentes entrevistados no Japão em 2013, 42,2% identificaram-se como um tipo de otaku.

Mas, quais são os otakus com maior número de membros no Japão? O Yano Research Institute realizou um estudo onde estimou o número de diferentes otaku no Japão, e os resultados foram bastante previsíveis, com 6,85 milhões de “otaku anime” na primeira posição; depois temos 6,48 milhões de “otakus de mangá” na segunda posição; em seguida, 4,54 milhões de “otakus de videojogos” na terceira posição; e finalmente 3,61 milhões de “otakus de idols” na quarta posição.

A pesquisa foi realizada pelo Yano Research Institute entre julho e agosto deste ano. A população global foi estimada pedindo àqueles que “se autoidentificam como otaku” ou “foram reconhecidos como otaku por terceiros” para nomear 26 campos, incluindo figuras e revistas, e dar várias respostas sobre eles.

TOP tipos de Otakus:

  1. Anime: 6.85 milhões / 35,799 yen
  2. Mangá: 6.48 milhões / 29,541 yen
  3. Videojogos: 4.54 milhões / 48,504 yen
  4. Idols: 3.61 milhões / 93,704 yen
  5. Light novels: 1.36 milhões / 18,648 yen
  6. Figuras: 1.28 milhões yen / 43,964 yen
  7. Doujinshi: 1.16 milhões / 22,483 yen
  8. Modelos de Plástico: 920,000 / 30,755 yen
  9. Atores de Voz: 920,000 / 35,233 yen
  10. Disney: 770,000 / 53,274 yen
Subscreve
Notify of
guest

6 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Bruno Reis
Membro
23 , Novembro , 2022 16:09

Julgo que como o próprio media transpõe o termo é a principal causa porque se tornou pejorativo. Nos mangás e séries anime o termo é fortemente associado a outros bastante negativos, o NEET e o Hikkikomori. Enquanto o primeiro refere um indivíduo (independentemente de qual um dos sexos) não trabalha, não estuda e não participa em formações, o segundo revela alguém que simplesmente não consegue abandonar a sua casa, muitas vezes até o próprio quarto.

Se repararmos, as personagens nas obras são indivíduos na maioria de uma destas vertentes, o que gera uma imagem muito negativa dentro e fora do seu género.

Otaku a meu ver, é um termo oriental de nerd, ou seja, alguém que por gostar de algo se torna num especialista da matéria -daí o nome do site. Curiosamente o Nerd no ocidente é atualmente visto com melhores olhos, muitos até o associam a ser inteligente, ao passo que o Otaku por ser vítima da ocidentalização do anime se tornou pejorativo.

Last edited 15 dias atrás by Bruno Reis
LikouD
Likou
Reply to  Bruno Reis
23 , Novembro , 2022 21:01

Não, otaku SEMPRE foi pejorativo já no Japão. O ocidente que pegou e o tornou menos pesado e até mesmo um motivo de orgulho para uns. Por lá otaku originalmente sempre foi associado com obsessão doentia por algo.

Bruno Reis
Membro
Reply to  Likou
23 , Novembro , 2022 21:09

Exato, mas estava a me referir na ótica ocidental, já que termo se foi mais uma vítima da globalização.

LikouD
Likou
Reply to  Bruno Reis
24 , Novembro , 2022 22:53

Ah, blz então.

Sakura
Sakura
24 , Novembro , 2022 1:33

Em resumo: Otaku simplesmente é a palavra japonesa pra “fanático”. Sendo bom ou ruim, é fanático.

No ocidente, simplesmente ficou ligado ao grupo de fãs de animes, mangás, coisas japonesas e orientais em geral.

E não consigo conectar otaku como equivalente a nerd.

Porque no Japão tem otaku pra tudo, seja passando por cultura pop, estudos, trabalho… É um termo que basicamente abrange, mas ultrapassa a cultura nerd.

LikouD
Likou
Reply to  Sakura
24 , Novembro , 2022 22:56

Sim, otaku é basicamente alguém obsessivo por alguma coisa, quem gasta todo o seu tempo livre com uma coisa e basicamente só aquilo, sejam animes, jogos, idols até pra coisas como concursos e etc. Mas geralmente são reservados a coisas não sociais, um baladeiro por exemplo não é chamado de otaku mesmo gastando todo o tempo livre nas festas.