Fãs de Kimetsu no Yaiba avisados para não subirem à Maior Montanha de Tóquio em sandálias e shorts

A peregrinação aos locais que inspiraram animes é um negócio em ascensão mas por vezes conduz a situações caricatas, como esta envolvendo os fãs de Kimetsu no Yaiba (Demon Slayer).

Na imagem em cima podem ver uma representação da Okutama Town na era Taisho no anime de Kimetsu no Yaiba (Demon Slayer).

A Mount Kumotori na fronteira de Tóquio, Saitama e Yamanashi é um dos locais de culto dos fãs de Kimetsu no Yaiba (Demon Slayer) pois é o local de nascimento dos irmãos Kamado e onde a história começa.

Como acontece com qualquer coisa relacionada com Kimetsu no Yaiba, a montanha tornou-se num ponto turístico muito concorrido sendo que os fãs estão a optar por escalar o pico de 2.017 metros de altura… em apenas shorts e sandálias… durante um outono frio.

Isso fez com que o Centro de Visitantes de Okutama emitisse um alerta aos escaladores iniciantes, dizendo:

O Monte Kumotori não é uma montanha que pode ser escalada facilmente. Mesmo escaladores experientes podem levar cerca de 6 a 7 horas para chegar ao cume. Para iniciantes, podem levar mais de 10 horas.

O Centro está “preocupado” com o número de pessoas que sobem com “t-shirts e shorts, que obviamente não servem para o montanhismo” e voltam a meio da caminhada com hipotermia e em mau estado de saúde.

Okutama Town, o município mais próximo da montanha atinge regularmente temperaturas abaixo de zero. Um representante do Centro de Visitantes sugere que os iniciantes procurem roupas mais quentes, uma muda sobressalente de roupas, equipamentos, comida / água e até mesmo qualquer tipo de equipamento de acampamento para uma caminhada de 2 a 3 dias.