Filme de Kimetsu no Yaiba na América Latina a 22 de abril

Uma distribuidora mexicana anunciou que o filme Kimetsu no Yaiba: Infinity Train (Demon Slayer: Mugen Train the Movie) vai estrear nos cinemas do México e da América Latina a 22 de abril. A distribuidora partilhou um primeiro teaser promocional da estreia. (A própria distribuidora fez a separação México / América Latina, embora oficialmente o México faça parte da América Latina).

Tal como noticiámos recentemente o filme vai estrear nos cinemas dos USA e Canada a 23 de abril. Já digitalmente o filme será lançado na Apple TV, Microsoft Store, Vudu, Google Play, PlayStation Store e Amazon a 22 de junho.

Kimetsu no Yaiba: Infinity Train (Gekijouban Kimetsu no Yaiba: Mugen Ressha Hen) tornou-se no filme anime com maior bilheteira de todos os tempos em todo o mundo.

Kimetsu no Yaiba é o filme anime com maior bilheteira de todos os tempos em todo o mundo

Este filme adapta o 7º arco da história criada por Koyoharu Gotouge, e segue os eventos dos capítulos 52 ao 66. Temos a animação pelo estúdio Ufotable (Fate/Zero, Kara no Kyoukai, Katsugeki: Touken Ranbu), direção de Haruo Sotozaki (Tales of Zestiria the X, Tales of Symphonia the Animation) e design de personagens por Akira Matsushima (Maria Watches Over Us, Tales of Zestiria the X).

Quanto à história do manga e adaptação animada de Kimetsu no Yaiba temos o seguinte:

O cenário é o Japão, era Taisho. Tanjirou é um rapaz benevolente que viveu pacificamente com a sua família como um humilde vendedor de carvão. A sua vida muda completamente quando a sua família é morta por demónios. A única outra sobrevivente, é a sua irmã mais nova, Nezuko, que se tornou num demónio feroz. Para devolver Nezuko ao normal e vingar-se do demónio que matou a sua família, os irmãos partem numa viagem. De um jovem talento, começa um conto de aventuras de sangue e espadas!

Não se esqueçam que ainda este ano vai estrear a segunda temporada da adaptação para série anime.

FONTE@KonnichiwaFest
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.