Funimation tentou renovar parceria com a Crunchyroll

Crunchyroll_e_Funimation_encerram_parceria

Em outubro noticiámos que Funimation e Crunchyroll deram por terminada a sua parceria e numa entrevista ao Newsweek, Gen Fukunaga, o presidente da Funimation, afirmou que tentaram renovar a parceira ma que os termos exigidos pela Crunchyroll não iam de encontro com os interesses da Funimation.

A Sony teve que tomar essa decisão difícil… Se a Crunchyroll não ia ceder nesses termos, então temos que dobrar os nossos esforços e decidir se vamos fazer isso sozinhos. E foi o que aconteceu

A disputa aparentemente foi sobre a expansão internacional. De acordo com o Newsweek, os direitos de transmissão da Funimation estavam restritos a certas regiões sob o acordo com a Crunchyroll. Fukunaga disse que achava que a Sony Pictures Television Networks, que adquiriu uma participação maioritária na Funimation em 2017, tinha a tecnologia e a infraestrutura para fornecer à Funimation mais exposição global. A Sony aconselhou a Funimation a rescindir o acordo com a Crunchyroll para que a empresa pudesse expandir as suas operações globais.

Isto marca a primeira vez que um representante de uma das empresas fala abertamente sobre as circunstâncias que levaram à rescisão do negócio.

Fukunaga disse que as aquisições para a temporada de anime de inverno de 2019 foram “na maior parte” ainda obtidas com a parceria Crunchyroll e Funimation, mas que as duas empresas vão concorrer separadamente por direitos exclusivos de streaming para os lançamentos sub e dub.Afirmando ainda:

É importante para a Sony obter exclusividade e direitos globais