Gainax perdeu os direitos de autor de Tengen Toppa Gurren Lagann

Os direitos autorais da franquia Tengen Toppa Gurren Lagann mudaram este ano, indo de “© GAINAX / Kazuki Nakashima / Aniplex / KONAMI / TV TOKYO / Dentsu” para “© Kazuki Nakashima / Hiroyuki Imaishi / Gurren Lagann Project”.

Estamos agora à espera da confirmação oficial. Esta já não é a primeira vez que o estúdio perde uma das suas obras devido às suas enormes dividas. Em agosto de 2015 o estúdio Gainax vendeu os direitos de FLCL (Furi Kuri) à .

À primeira vista pode não significar muito, mas se tivermos atenção podemos constatar que o estúdio Gainax perdeu os direitos dessa franquia e que eles foram deixados nas mãos do diretor Hiroyuki Imaishi e do argumentista Kazuki Nakashima.

Tengen Toppa Gurren Lagann foi uma série anime original animada pelo estúdio Gainax, co-produzida pela Aniplex e Konami, e lançada no Japão em abril de 2007, com um total de 27 episódios. Foi dirigida por Hiroyuki Imaishi e a história foi escrita pelo veterano Kazuki Nakashima.

A franquia também inspirou uma adaptação para mangá por Kotaro Mori, que foi publicada na revista Monthly Comic Dengeki Daioh de Kadokawa entre junho de 2007 e julho de 2013, com um total de dez volumes. Posteriormente, a Gainax produziu dois filmes anime lançados em setembro de 2008 e abril de 2009, respetivamente.

Sinopse de Tengen Toppa Gurren Lagann

Simon e Kamina nasceram e foram criados numa vila subterrânea profunda, escondida da superfície lendária. Kamina é um jovem de espírito livre decidido a fazer um nome para si mesmo, enquanto Simon é um jovem tímido sem aspirações reais. Um dia, enquanto escavava a terra, Simon depara-se com um objeto misterioso que acaba por ser a chave de ignição de um antigo artefato de guerra, que a dupla chama de Lagann. Usando a sua nova arma, Simon e Kamina defendem-se de um ataque surpresa vindo da superfície com a ajuda de Yoko Littner, uma ruiva de sangue quente que empunha uma arma enorme.

FONTESite de Gurren Lagann
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.