Gintama 2 live-action ganha 800 milhões na estreia

The Seven Deadly Sins: Prisoners of the Sky em 5º

Ainda ontem estávamos a falar do sucesso do filme live-ation de na Conversa Otaku #25 e foram hoje revelados os resultados de bilheteira do segundo filme live-action que estreou o fim-de-semana passado nos cinemas nipónicos.

Gintama 2: Okite wa Yaburu Tame ni Koso Aru (The Law is Surely There to be Broken) estreou em 345 salas de cinemas e arrecadou mais de 800 milhões de ienes (7.27 milhões de dólares) ficando em primeiro lugar nos cinemas.

Este segundo filme live-action de cobre os arcos “Shinsengumi Crisis” e “Shogun Reception”.

O fim-de-semana passado também marcou a estreia nos cinemas de The Seven Deadly Sins: Prisoners of the Sky (Nanatsu no Taizai: Tenkuu no Toraware Hito), um filme anime da franquia  /  sendo que o filme ficou em 5º lugar com uma receita de 196 milhões de ienes (1.78 milhões de dólares).

The Seven Deadly Sins: Prisoners of the Sky é uma história completamente nova criada por Nakaba Suzuki.

Na história do filme, passou-se pouco tempo desde que os Sete Pecados Capitais e a Princesa Elizabeth trouxeram a paz ao reino. Para comemorar o aniversário do rei, os Sete Pecados Capitais viajam para uma terra remota em busca do ingrediente fantasma “sky fish”. Meliodas e Hawk acabam num “Palácio do Céu” que existe acima das nuvens, onde todos os moradores têm asas. Meliodas é confundido com um menino que cometeu um crime e é preso. Enquanto isso, os moradores estão a preparar uma cerimónia de defesa contra uma besta feroz que desperta uma vez a cada 3.000 anos. Mas o Seis Cavaleiros de Preto chegam e removem o selo da besta para ameaçar a vida dos moradores do “Palácio do Céu”. Meliodas e os seus aliados encontram os Seis Cavaleiros de Preto em batalha.

Com animação pela  (Sword Art Online, Magi), a direção é de Yasuto Nishikata, o guião é de Makoto Uezu e Keigo Sasaki regressa para o design de personagens.