Gintama: Silver Soul Arc – Ep. 18 e 19: Yorozuya

Gintama: Silver Soul Arc – Ep. 18 e 19: Yorozuya

Gintama: Silver Soul Arc chegou ao seu decimo oitavo e décimo nono episódio e nestes episódios vemos Sadaharu ajudando a conter as veias do dragão e a luta final dos habitantes da Terra contra Utsuro começa.

No decorrer dos episódios dezoito e dezenove temos o retorno das irmãs Ane e Komako em uma tentativa desesperada de conter as veias do dragão e assim impedir a destruição da Terra. Assim como ocorreu no decorrer deste arco foi legal as duas sacerdotisas serem trazidas de volta a série, mas o melhor deste episódio foi a forma como foi abordado as diversas formas de família. A primeira forma de família foi a de relação de sangue ao mostrar como ficou a relação de Kagura, Umibouzu e Kamui após toda a história envolvendo os três e a promessa feita para Kouka deles se reunirem na Terra.

A segunda forma de família é a de consideração, aonde um grupo de pessoas sem relação sanguínea passam a conviver e a criar laços de confiança, o melhor exemplo neste caso são os membros que compõem o Yorozuya e o ato de Sadaharu lutar ao máximo para tentar ajudar as pessoas que lhe acolheram após ter sido abandonado demonstra sua consideração por eles. Gintoki se apresentando para defender o grande cachorro demonstra que o Demônio Branco também considerar ele como membro de sua família e todo o início da luta contra Utsuro é praticamente para derrotar o vilão e ao mesmo tempo defender o mascote de sua família em acalmar a principal linha do dragão.

Gintama: Silver Soul Arc – Ep. 18 e 19: Yorozuya

Toda a sequência de luta de todos os principais personagens contra Utsuro foi bem animada e foi angustiante ver a maioria dos lutadores caindo diante do vilão. Utsuro se mostrou superior diante de todos o tempo todo, inclusive utilizando diversas formas de luta, e não é possível culpar Yamazaki e Shinpachi por congelarem diante do inimigo ao verem seus aliados caírem com tanta facilidade. Apesar disso este episódio guardou uma surpresa que eu não esperava mais que fosse ser realizada neste ponto da história da série.

Eu não esperava que Shinpachi fosse receber qualquer tipo de evolução na parte final do anime, apesar disso neste episódio temos o personagem enfrentando os seus medos. Este era o único ponto em que ele era irregular no decorrer de toda a série pois, mesmo tendo momentos aonde o personagem demonstrava coragem diante de algum inimigo, ele nunca teve um momento de real destaque nos principais arcos do anime (algo que ocorreu diversas vezes com Kagura). A forma como a evolução de Shinpachi foi mostrada, utilizando os últimos momentos antes morte de seu pai (e que também é a cena que abriu a história de Gintama no ano de 2006), passa a ser muito simbólica pois parece ser o fechamento do ciclo de aprendizado do personagem e o momento em que ele desembanha oficialmente sua alma samurai.

O episódio dezoito teve uma animação com as já esperadas animações estáticas, porem o episódio dezenove fez o uso dos cortes de câmera funcionaram de forma de satisfatória em todo o seu decorrer e, principalmente, na sequencia de luta. Diferente dos outros episódios testa temporada aonde foram utilizados estes artifícios, aqui estes eles ajudaram nos pontos aonde a animação foi mais fraca, a inexistência de uma cena animada em plano sequencia com um ângulo de câmera único. A trilha sonora foi outro ponto forte neste episódio, principalmente momento aonde temos a evolução de Shinpachi.

Gintama: Silver Soul Arc teve em seus episódios dezoito e dezenove os melhores episódios até o momento nesta temporada do anime. Toda a abordagem sobre formas de família foi muito bom para mostrar a evolução da relação personagem e foi uma excelente surpresa a série evoluir um personagem principal utilizando uma cena que serviu como abertura da historia do anime. Animação utilizou os mesmos tipos de artifícios de sempre, mas desta vez elas foram utilizadas de boa forma durante a principal sequência de luta.

Gintama: Silver Soul Arc – Ep. 18 e 19: Yorozuya

Um fã de animes, cinema, games, séries e com um gosto musical incomum. Membro brasileiro do OtakuPT e formado em Processos Fotográficos.