Grancrest Senki na Netflix (Brasil)

A Netflix disponibilizou hoje no Brasil a adaptação para série anime da light novel  (Grancrest Senki) de  (autor) e  (ilustração).

Com animação pelo estúdio (Sword Art Online, Magi), a direção é de Mamoru Hatakeyama (Shōwa Genroku Rakugo Shinjū, Sankarea: Undying Love), o argumento é de Mamoru Hatakeyama e o design de personagens é de Hiroshi Yakou (diretor de animação de Prison School, Heavy Object).

A história desenrola-se num continente governado pelo caos. O caos produz desastre, mas os senhores do continente têm o poder de “Crest” (Holy Seal) que pode acalmar o caos e proteger as pessoas. No entanto, antes que alguém se aperceba, os governantes põem de lado o seu credo de purificar o caos, e em vez disso começam a lutar entre si pelo “crests” uns dos outros e ganhar o domínio sobre os outros.

No centro da história encontramos Shirūka, um mago isolado que despreza os Senhores por abandonarem o seu credo, e um cavaleiro errante chamado Theo, que está numa jornada de treino para um dia libertar a sua cidade natal, que está sob uma tirania. Shirūka e Theo fazem um juramento eterno um ao outro como senhor e servo, e trabalham juntos para reformar este continente dominado por guerras e caos.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.