Homem assassinou os seus pais porque “eles interromperam as suas sessões de anime”

Cada vez que os meus pais me pediam para cuidar deles, eu tinha que interromper o anime que estava a assistir. Eu não aguentava mais.

Homem assassinou os seus pais porque "eles interromperam as suas sessões de anime"

A polícia japonesa prendeu um homem de 59 anos que é suspeito de ter assassinado os seus pais. Por volta das 09:00 do domingo de dia 5 de julho, a polícia deteve Junji Matsumoto, sem ocupação conhecida, no estacionamento de um hotel na cidade de Kyoto.

Após a sua prisão Matsumoto admitiu as acusações. Dia 28 de junho, os polícias entraram na sua residência no distrito de Nishi, na cidade de Fukuoka, e encontraram os corpos dos seus pais dentro de uma arca frigorífica industrial com porta de vidro. Os resultados da autópsia não revelaram a causa da morte.

Matsumoto dividia a casa com os seus pais. No início do dia 28 de junho, um familiar entrou em contacto com a polícia depois dos moradores da residência “não daram notícias” por um longo período. Quando a polícia entrou na casa deparou-se com a arca frigorífica lacrada com fita adesiva. Um exame dos corpos não mostrou sinais de ferimentos externos.

A polícia japonesa revelou que Matsumoto fugiu da sua residência de bicicleta na noite de 23 de junho. Ele então viajou para as prefeituras de Yamaguchi e Shizuoka, onde se hospedou em hotéis.

De acordo com os investigadores, Junji admitiu ter matado os seus pais por volta da noite de 21 de junho, dizendo que o seu pai lhe tinha pedido para o levar ao WC. Ele afirmou:

Cada vez que os meus pais me pediam para cuidar deles, eu tinha que interromper o anime que estava a assistir. Eu não aguentava mais.

Quanto à sua mão ele afirmou:

Eu matei-a porque ela me viu matar o seu marido e fiquei triste por deixá-la sozinha.

Junji morava com os pais na pensão deles, a sua mãe deslocava-se em cadeira de rodas e o seu pai foi hospitalizado em junho depois de cair de bicicleta. Desde então, Junji estava a cuidar deles.

FONTEYahoo! News Japan
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.