Homem preso por vender máscaras de Kimetsu no Yaiba e Jujutsu Kaisen não autorizadas

Homem preso por vender máscaras de Kimetsu no Yaiba e Jujutsu Kaisen não autorizadas

A Polícia de Itabashi anunciou a prisão de um trabalhador a tempo parcial de 66 anos da cidade de Mishima, província de Shizuoka, sob suspeita de violação da Lei de Direitos Autorais por imprimir e vender máscaras com personagens das populares franquia Kimetsu no Yaiba (Demon Slayer) e Jujutsu Kaisen sem autorização prévia.

O homem acabou por confessar:

Achei que se usasse uma personagem popular, muitas pessoas comprariam.

Entre 23 de abril e 16 de julho, ele usou um computador e uma impressora para fazer cópias não autorizadas de personagens de Kimetsu no Yaiba e do popular mangá Jujutsu Kaisen. Ele supostamente infringiu os direitos dos detentores de direitos autorais ao imprimir as personagens em sete máscaras e vendê-las num site de leilões na Internet. Segundo a polícia, o homem tinha armazenado no seu computador cerca de 700 imagens dos personagens de Kimetsu no Yaiba e Jujutsu Kaisen, que encontrou na Internet.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.