Homem que diz ter criado o género “Anime” e “Naruto” perde caso em tribunal

Americano tentou ganhar dinheiro em tribunal afirmando que era o autor do estilo anime e de Naruto

Homem que diz ter criado o género "Anime" e "Naruto" perde caso em tribunal

Nos USA existem pessoas que vivem literalmente de processos de tribunal que colocam a várias empresas pelos mais diversos motivos, um deles, chamado Terrance Williams, recentemente perdeu o seu processo em tribunal, mas o que é que ele alegava?

Ele processou 13 companhias, entre as quais Patreon, J.C. Penny e Tumblr Inc, num tribunal do Michigan pois alegava que ele era o detentor do “estilo de arte anime” e de “Naruto”.

Anime é um estilo de animação que grande parte do mundo acredita ter origem no Japão, mas Williams baseou a sua reivindicação de autoria e propriedade num livro intitulado “Naruto”, que ele escreveu na década de 1980 como parte da sua dissertação de mestrado.

Ele alega que o nome original do estilo era “Renderman”, mas que os japoneses renomearam para “anime” por conveniência.

Em “Naruto”, Williams afirmou que introduziu esse estilo de arte que mostra “traços redondos, olhos grandes, uma natureza particular do cabelo”.

O juiz descreveu qualquer tentativa de Williams em reivindicar direitos autorais sobre o personagem de Naruto como “implausível e frívolo” e rejeitou o caso.