How a Realist Hero Rebuilt the Kingdom vai ter 2ª temporada

O 13º e último episódio da adaptação para série anime da novel How a Realist Hero Rebuilt the Kingdom (Genjitsushugi Yuusha no Oukoku Saikenki) de Dojyomaru revelou que está em produção uma segunda temporada que vai estrear em janeiro de 2022.

Podem ver em cima um vídeo com o anúncio. O tema de abertura será “REAL-EYE” por Inori Minase e o tema de encerramento é “LIGHTS” por Aimi.

A animação é da responsabilidade da J.C.Staff, a direção é de Takashi Watanabe (The Slayers, Ikki Tousen, Freezing), o argumento é de Go Zappa (Koihime Musō, Moriarty the Patriot) e Hiroshi Ohnogi (Aquarion, Fullmetal Alchemist: Brotherhood), e o design de personagens é de Mai Otsuka (Shakugan no Shana, Urara Meirochō, The Demon Girl Next Door). A direção de áudio é de Jin Aketagawa e a música é da responsabilidade de Akiyuki Tateyama (Laid-Back Camp, ISLAND, Senryū Girl).

Capa do volume 1 de How a Realist Hero Rebuilt the Kingdom (Genjitsushugi Yuusha no Oukoku Saikenki)
Capa do volume 1 de How a Realist Hero Rebuilt the Kingdom (Genjitsushugi Yuusha no Oukoku Saikenki)

A J-Novel Club está a lançar a obra digitalmente e no seu website podemos ler:

“Ó, herói!” Com esta frase cliché, Kazuya Souma viu-se convocado para outro mundo e sua aventura – não começou. Depois de apresentar o seu plano para fortalecer o país economicamente e militarmente, o rei cede o trono e Souma vê-se sobrecarregado com a governação da nação! Além do mais, ele está noivo da filha do rei agora…?! Para recuperar o país, Souma chama os sábios, os talentosos e os dotados para o seu lado. Cinco pessoas reúnem-se diante do recém-coroado Souma. Quais são os muitos talentos e habilidades que eles possuem…?! Uma revolucionária série de fantasia administrativa transferida para outro mundo começa aqui!

How a Realist Hero Rebuilt the Kingdom começou a ser publicada em maio de 2016 e Satoshi Ueda começou a lançar uma adaptação para mangá na Comic Gardo em julho de 2017. A J-Novel Club está a publicar o mangá digitalmente.

FONTESite oficial
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.