JoJo’s Bizarre Adventure: Stone Ocean terá episódios mensais na Netflix

JoJo’s Bizarre Adventure Stone Ocean visual

A julgar pelas informações dadas à imprensa pela Netflix a transmissão da adaptação anime de JoJo’s Bizarre Adventure: Stone Ocean vai ser feita com “Novos episódios mensais”.

Não sabemos se será um erro da companhia de streaming ou se os episódios serão mesmo disponibilizados mensalmente. O anime vai estrear em dezembro de 2021 na Netflix e nas TVs japonesas em janeiro de 2022.

O arco Stone Ocean do mangá JoJo’s Bizarre Adventure foi lançado de 1999 a 2003 e tem 17 volumes, indo do volume 64 ao 80.

O staff será o mesmo, temos assim o regresso do estúdio David Production (JoJo’s Bizarre AdventureCells at Work!), Kenichi Suzuki regressa das partes 1-3 como diretor chefe, e Toshiyuki Kato (diretor da série JoJo’s Bizarre Adventure: Diamond Is Unbreakable, diretor de Then Spoke Kishibe Rohan) é o diretor. O guião é novamente de Yasuko Kobayashi e o design de personagens é Masanori Shino (Black Lagoon, Gungrave, No Guns Life). Os stand são da responsabilidade de Shun’ichi Ishimoto (diretor chefe de animação de JoJo’s Bizarre Adventure: Golden Wind).

Sinopse de JoJo’s Bizarre Adventure: Stone Ocean

Florida, EUA, 2011 — Após um acidente de viação durante um passeio com o namorado, Jolyne Cujoh cai numa armadilha e é condenada a uma sentença de quinze anos na prisão de segurança máxima Dolphin Street Prison, também conhecida como “O Aquário”. À beira do desespero, ela recebe um amuleto do pai, que desperta nela um tremendo poder. Uma mensagem de um rapaz misterioso que aparece diante de Jolyne e que lhe conta coisas sobre este mundo “que são mais terríveis que a própria morte, incluindo o que está a acontecer nessa mesma prisão”, uma sequência de eventos inexplicáveis, a verdade chocante revelada pelo seu pai durante uma visita e o nome DIO… Será Jolyne capaz de escapar do verdadeiro mar de pedra que é a sua prisão? A batalha final que irá pôr fim ao fatídico confronto secular entre a família Joestar e DIO está prestes a começar!

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.