Kimetsu no Yaiba censurado na China

Kimetsu no Yaiba censurado na China

Não são só os videojogos que têm a vida difícil devido às regulamentações e controlo do governo chinês, também o anime é controlado e o mais recente exemplo são as alterações feitas à adaptação para série anime do mangá Kimetsu no Yaiba de Koyoharu Gotouge.

Quando o primeiro episódio de Kimetsu no Yaiba  começou a ser exibido na chinesa Bilibili os fãs rapidamente repararam que algo esteva “diferente”. Na versão de Kimetsu no Yaiba que está a ser exibida na China os brinco de Tanjiro Kamado foram alterados como podem ver nestas imagens.

Os brincos fazem lembrar a bandeira imperial japonesa que muito países asiáticos consideram um símbolo da agressão nipónica durante a Segunda Guerra Mundial e claro para muito provavelmente evitar polémicas a série anime alterou o design dos brincos.

Não fica é claro se esta foi uma decisão da Bilibili a prevenir-se de problemas ou uma imposição imposta pelo partido comunista chinês e o seu órgão de regulação dos média.

A animação é da responsabilidade do estúdio ufotable (Fate/Zero, Kara no Kyoukai, Katsugeki: Touken Ranbu), a direção é de Haruo Sotozaki (Tales of Zestiria the X, Tales of Symphonia the Animation) e o design de personagens é de Akira Matsushima (Maria Watches Over Us, Tales of Zestiria the X).

O cenário é o Japão, era Taisho. Tanjirou é um menino de bom coração que viveu pacificamente com sua família como vendedor de carvão. A sua vida normal muda completamente quando a sua família é morta por demónios. A única outra sobrevivente, a irmã mais nova de Tanjirou, Nezuko, tornou-se num demónio feroz. Para devolver Nezuko ao normal e vingar-se do demónio que matou a sua família, os dois partem numa jornada. De um jovem talento, começa um conto de aventuras de sangue e espadas!