Kyoto Animation começou a falar com as famílias das vítimas sobre como fazer o memorial

6 meses depois a Kyoto Animation recebeu 30 milhões de dólares em doações

Kyoto Animation iniciou conversações com as famílias das vítimas sobre como relembrar as vidas perdidas no ataque com fogo ao Studio 1. Estiveram presentes cerca de 30 famílias.

O ataque à Kyoto Animation em julho de 2019 resultou na morte de 36 funcionários do estúdio, 33 feridos e dizimou o Studio 1 do estúdio que foi demolido.

De acordo com um representante da Kyoto Animation, as conversações começaram a 4 de dezembro, sem que nenhuma das famílias se opusesse fortemente à construção de um memorial no antigo local do Studio 1. Depois do Studio 1 ser demolido em abril de 2020, a área restante foi fechada e deixada como um campo. Um representante dos moradores de Fushimi, a área onde ficava o estúdio, disse em dezembro de 2019 que “se muitas pessoas continuarem a visitar [o local], a vida pacífica dos moradores do bairro será destruída”.

A NHK revelou duas citações de familiares, com um membro a afirmar que “não sabem como a discussão vai acabar, mas eu quero de alguma forma preservar o seu nome no local onde eles estavam a trabalhar”, e outro membro explicou “Um grande número de pessoas morreram, então espero que em breve um monumento seja construído no local como um lugar de lembrança”.

A Kyoto Animation continuará a trabalhar com as famílias e a vizinhança sobre o que fazer com o antigo local que pode agradar a todos os grupos.

FONTENHK
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.