Minha análise: BTOOOM! ♕

 

inicio

A minha análise de hoje é sobre o anime , muito conhecido graças a sua história, que inclui vários géneros como, ação, aventura, drama e algum romance.

 

  • Sipnose:

Ryota Sakamoto é um desempregado de 22 anos que mora com a mãe. No mundo real ele não é alguém especial, mas online ele é um dos melhores jogadores do planeta de um jogo chamado . Um dia, ele acorda no que parece ser uma ilha tropical, porém não lembra como ou porque foi parar ali. Enquanto andava pela praia, Ryota viu alguém e chamou por socorro. O estranho respondeu jogando uma bomba nele! Agora Ryota percebe que sua vida corre perigo e que está em uma versão da vida real de seu jogo preferido!

 

  • Geral:

 

virtual e real

O anime é basicamente inspirado num jogo, que se desenvolve tanto no mundo virtual, como na vida real, mas, apesar da boa história que o anime apresenta, e uma animação razoável e interessantes, acaba por ter e apresentar muito mais do que só estes dois tópicos.

Muitas vezes, observamos a evolução das personagens, e nunca daria para imaginar que algumas acabassem por ser mais importantes do que as personagens com que convive Sakamoto, ou que muitas delas são meio bipolares, o que mostra que,  quase todas as vezes, as personagens aparentam ser algo que afinal não são.

 

animação

A animação muitas das vezes tem partes dos desenhos bem estranhos, posso dizer que este anime tem a sua própria marca na animação, não é dos melhores, mas tem uma parte técnica bastante própria, que algumas vezes até é agradável de ver, muito mais do que outros.

 

historia

A histórias apresenta características próprias que se desenvolvem facilmente e vão evoluindo cada vez mais com o passar do tempo, chegando a ter partes muito boas da história, ao ponto de viciar qualquer um.

 

Provavelmente o pior de todo o anime, é não haver uma segunda temporada, porque apesar de tudo, a animação e a história são muito boas para ver, daí apenas faltar mesmo uma continuação.

É um anime muito interessante para acompanhar em quanto ele vai desenvolvendo, com todas as personagens, lutas e ate romance, acabando assim por nos fazer viciar facilmente.

 

  • Trilhas Sonoras:

As trilhas sonoras acompanham bastante bem todas as partes dos episódios, estando bem posicionadas ao ponto de o anime agradar ainda mais.

São simples, mas ao acompanhar o desenvolvimento das personagens e dos episódios, torna tudo muito melhor e mais agradável de ver, ao ponto de nos viciar.

 

OP:

 

ED:

 

  • Personagens:

                Principal:

 

Ryota_cara

Sakamoto:

 

                Secundárias:

 

himiko

Himiko:

 

kosuke

Kosuke:

 

oda

Oda:

 

taira

Taira:

 

date

Date:

 

masashi

Masashi:

 

akechi

Akechi:

 

murasaki

Murasaki:

 

hidemi

Hidemi:

 

natsume

Natsume:

 

 

  • Parte técnica:

, teve como inicio o seu mangá, escrito por , em 19 de junho de 2009, estando ainda hoje em publicação. O anime inicio a 4 de outubro de 2012, finalizando a 21 de dezembro de 2012.

O estúdio animador foi , conhecido por animar muitos outros como:

 

beyblade

:

 

 chobits

Chobits:

 

 paradise kiss

:

 

 kiba

Kiba:

 

 death note

:

 

 black lagoon

:

 

 nana

Nana:

 

 high-school-of-the-dead

:

 

 raibow

Rainbow Nisha Rokubou no Shichinin:

 

 Chihayafuru

:

 

 Hunter x Hunter

:

 

 no game no life

:

 

 Parasyte

:

 

 Death parade

:

 

 Monogatari!

:

 

 one punch man

:

 

Nota pessoal: 7-8/10

Estas são as minhas notas:

5/10: Esta será a nota mais baixa que possivelmente eu darei, acho que uma nota a baixo disto nem vale a pena avaliar, por isso apenas darei esta nota a animes que em termos de parte técnica/visual e de história sejam chatos ao ponto de morrermos de tédio.

6/10: Será aqueles que possam ter pormenores importantes, tanto em partes técnicas como na história que sejam mais “chamativos”, mas claro que não será perfeito.

7/10: Penso que nesta nota só estarão aqueles que eu posso considerar medianos, sendo nem muito bons, nem muito maus, chamativos, mas podem facilmente atrair-nos ou não, essa parte depois depende de cada um.

8/10: Darei aqueles que, como este, terão a história mais simples, e a parte técnica diferente, atraindo nos para o anime, mesmo que não seja perfeito.

9/10: Apenas em animes quase perfeitos, talvez a parte técnica melhorada e pode-se dizer “diferente” e a história criativa e boa, onde inclui as personagens também boas.

10/10: Tenho que dizer, será difícil dar esta nota a um anime, mas tenho a certeza que não impossível, tem que estar literalmente tudo perfeito, a ponto de nos fazer chorar ou rir, ou ate ambas ao mesmo tempo, apenas com pequenas coisas, a história completamente incrível, e os desenhos perfeitos.

Apesar do anime ser muito bom, eu não consigo dar mais, porque claro, ele também tem as suas falhas, por muito que sejam poucas, então esta é a minha nota.

 

Trailer:

 

Mais uma análise acabada, até para a semana,

            Bjs, Ana Angel!!!

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.