Novo vídeo promocional do novo anime de Captain Tsubasa

O site oficial do novo anime baseado no manga Captain Tsubasa revelou um novo vídeo promocional, uma nova imagem de personagens e novos nomes do elenco da série, que ira estréia na TV japonesa em abril deste ano.

Na imagem podemos ver os personagens Tappei Kisugi (que será interpretado por Koudai Sakai), Hajime Taki (que ganhará voz por Hiroyuki Yoshino), Shingo Takasugi (que terá interpretação de Tarou Kiuchi), Mamoru Izawa (que será interpretado por Mutsuki Iwanaka) e Sanae Nakazawa (que será interpretada pela atriz de voz Sayuri Hara).

Captain_Tsubasa_Novo_Promo

A nova série anime de Captain Tsubasa é animada pelo estúdio , com direção de Toshiyuki Kato (JoJo’s Bizarre Adventure: Diamond Is Unbreakable), roteiros de Atsuhiro Tomioka (Inazuma Eleven), Hajime Watanabe (Ginga e Kickoff !!) ira atuar como designer de personagem e diretor de animação, Hayato Matsuo (Hellsing Ultimate) ira compor a trilha da série e Yoshikazu Iwanami é o diretor de som.

Captain Tsubasa será estrelado por:

  • Yuko Sanpei como Tsubasa Ōzora
  • Kenichi Suzumura como Genzō Wakabayashi
  • Ayaka Fukuhara como Tarō Misak
  • Mutsumi Tamura como Ryō Ishisaki
  • Takuya Satō como Kojirō Hyūga
  • Katsuyuki Konishi como Roberto Hongō

A série mostra a historia de Tsubasa Ōzora, de 11 anos, o jovem possui uma grande habilidade com futebol e é reconhecido pelo técnico, e lendário jogador brasileiro, Roberto Hongō, que decide levar Tsubasa para o Brasil para treinar para a Copa do Mundo.

O manga original de Yoichi Takahashi foi publicado pela revista Shonen Jump entre 1981 e 1988 e teve 37 volumes compilados. A série teve três animes, quatro filmes, vários OVAs, jogos para diversos consoles e vários mangas spin-offs.

Recentemente foi lançado para iOS e Android o game Captain Tsubasa: Dream Team, que recria todas as histórias da série.

Subscreve
Notify of
guest

3 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Márcio
Márcio
11 , Julho , 2019 21:21

Ansioso pela estréia desse grande clássico. Esse que pode ser considerado o maior anime & mangá de esporte já feito, juntamente de Hajime no ippo, slam dunk e Kuroko no Basket.

Vincent Kovacs
Vincent Kovacs
Reply to  Márcio
12 , Julho , 2019 0:29

discordo veementemente. Kuroko no Basket e Captain Tsubasa acho que não entrariam nessa disputa… Quem eu colocaria nesse trio seria Slam Dunk, Hajime no Ippo e Haikyuu, possivelmente, principalmente com a forma com que organizações de volley de todo o mundo já abração Haikyuu, com o mesmo sendo inclusive usado para imagens oficiais de Marketing da liga nacional de Volley da França, com os volumes de mangá tendo o logo da mesma e a obra sendo patrocinada por ela. Fora questões como aumento da procura pelo esporte dentro e fora do japão.

Captain Tsubasa proporcionou muito esta procura pelo esporte e de fato tem seus méritos nisso. Mas Kuroko tem sérios problemas, inclusive com erros que denotam falta de conhecimento do autor para com o esporte, como nas cenas que precisaram ser corrigidas para o Tankobon, onde na shounen Jump o Kuroko socava a bola, o que vai contra as regras do esporte. Kuroko no Basket é mais um shounen de porrada com uma bola no meio do que um anime/manga de esporte.

Márcio
Márcio
Reply to  Vincent Kovacs
12 , Julho , 2019 2:11

Respeito sua visão e pontos de vista mais nem de longe acho Haikyuu no mesmo patamar dos citados, compreendo a importância que teve no japão e frança e acho bem legal tudo isso, mais ele deixa a desejar principalmente na primeira temp. com uma demora absurda pra desenvolver de fato os jogos q é a proposta da série. (Não comento sobre o mangá pq não acompanho ele), mais apartir da segunda e principalmente a terceira temp. a serie chegou a um momento bem interessante, mais nada que me empolgasse a ponto de ser destaque. Kuroko apesar de alguns probleminhas tem uma coisa que Haikyuu não tem, personagens carismáticos. Tenho certeza que muito gente se identificou com vários, além da história ser excelente evolvendo a geração dos milagres. Mais em fim…Gosto é gosto!