“O anime Morreu” – Yutaka Yamamoto culpa o Moe

"O anime Morreu" - Yutaka Yamamoto culpa o género Moe

O diretor Yutaka “Yamakan” Yamamoto responsável por animes como The Melancholy of Haruhi Suzumiya, e  causou alguma polémica em Junho quando afirmou que o “Anime Morreu” e agora em conversa com Toshio “Otaking” Okada vem esclarecer a sua afirmação culpando o Moe. Lembramos que recentemente noticiámos que a industria anime cresceu 12% em 2015 para uns impressionantes 1.83 triliões de ienes.

Yamamoto afirmou que “o fim do anime” era algo pessoal para ele, “o anime tem vindo a mover-se para o caminho oposto do que eu faço”. Ele sente que o Moe se está a tornar “fascista” no sentido que a sua representação é controlada por regras não escritas: “Não mostrar roupa interior. Mostrar roupa interior está em consonância com os desejos do sexo masculino, por isso vamos mostrar-lhes”. Ele revela que prefere operar segunda as suas próprias regras mas que é criticado por isso e que chega assim à conclusão que “não consegue lidar com os tempos atuais”.

Okada questionou-o então se o tipo de anime que o fez querer entrar para a indústria desapareceu, ao que Yamamoto concordou afirmando que ele sentiu que uma era terminou com a reforma de .

Yamamoto elogiou o filme  de  referindo que sentiu que “ainda tinha amigos” e esperança mas que sente que os tempos já mudaram queixando-se da falta de animes “que ele conhece” como Nausicaä ou o original criticando de seguida duramente a fixação dos novos filmes de Evangelion nas personagens Moe.

O diretor terminou elogiando a tendência que está a surgir para a produção de anime vocacionado para pessoas que não são fãs de anime.

Subscreve
Notify of
guest

28 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Fantasma Renegado
Fantasma Renegado
13 , Julho , 2019 23:46

Concordo com tudo, menos com que “Kimi no Na wa” pode ser elogiado, aquilo tem muito moe e fan-service.

O moe e o fan-service realmente “mataram” os animes que minha geração e anteriores conhecíamos. Vários animes falavam de superação, valores morais, justiça, luta do bem contra o mal, dilemas humanos.

Hoje, vários animes tem apenas garotinhas fazendo coisas fofinhas e/ou mostrando suas roupas íntimas em várias cenas. Normalmente, temos um protagonista e várias garotas em volta doidas por ele, em resumo, trocentas cópias de Tenchi Muyo. Ou alternativamente, não temos um garoto, só meninas mesmo, mas fazendo coisas “interessantes” com as amigas. Fora, que os finais das novas obras são muito previsíveis, mas isso é desde sempre, japonês não sabe finalizar obra literaria alguma por isso fazem o que os fãs querem e esperam, o que não é legal.

O anime hoje não é mais o que era, o anime realmente morreu e reencarnou como algo “Me Me Me” para otakus. Entendedores entenderão.

darks
darks
13 , Julho , 2019 23:46

Olha, não sei… acho que não importa a época sempre tinha animes bons e ruins, falar que tinha animes melhores antigamente isso é conversa e o fator nostalgia falando mais alto. Além disso, falam que nos anos 90 tinha animes revolucionarios, mas esquecem de animes pós 2000 que são verdadeiras obras primas também: FMAB, Gintama, NANA, Mushishi, Hunter x Hunter e etc… pra mim não está decaindo não, animes originais ainda existem por aí, são poucos sim, mas não estão completamente extintos, é só saber procurar. Acho que a industria só está tendo uma leve crescente no lançamento de animes moe e tal, mas isso não é totalmente ruim, desde que não seja algo exagerado, só aquele alívio comico. Quanto ao fato de que estão produzindo mais pra agradar o publico tem ate um pouco de verdade, mas não culpo os animes e sim os JAPONESES, vamos lembrar que os produtores e animadores, aqueles por trás dos animes são pessoas e dependem das vendas pra sustentarem suas familias, então eles geralmente não tem culpa nisso. Pra finalizar acho engraçado algumas pessoas que assistem animes com ecchi e depois reclama, porra, só pela sinopse e genero já dá pra ter uma idéia de como é tal anime.

Kuro
Kuro
13 , Julho , 2019 23:46

Ele falou praticamente tudo o que eu penso, hoje em dia o moe ta muito força, tão apelando mais ainda para o ecchi, esquecendo de fazer personagens mais bem trabalhados com em HunterXHunter, Gintama, One Piece, Naruto, Bleach, etc… O moe se tornou algo muito mais vulgar hoje em dia, nem se pode falar do ecchi, To Love-ru de todas as temporadas a melhor foi a primeira, tem anime que tem histórias boas mais o ecchi estraga tudo (High School of the Dead), até mesmo tem animes com tanto disso que nem história tem, parece mais Hentai do que anime, Moe já foi algo bom um dia, mas hoje está matando os animes tornando eles muito repetitivos e abusivos para se asssistir

Shiba
Shiba
13 , Julho , 2019 23:46

O cara trabalhava na Kyoto Animation e me vem dizer uma coisa dessas. Seria mais relevante se o Miyazaki tivesse dito isso.

Nao odeio e nem amo moe. Pra mim é meio termo. Mas nunca que vou deixar o moe acabar com minha experiencia de ver um bom anime.
comment image

Modnar N
Modnar N
13 , Julho , 2019 23:46

Não só o Moe, mas como mtas outras coisas que ferram com a maioria dos animes.
Só fica a lista:
-Comedia forçada
-Infantilidade dos personagens (pior deles)
-Dramas exagerados sem construção adequada para a cena.
-Fanservice desnecessário
-Historias e personagens genéricos.

Yagami Fudo
Yagami Fudo
13 , Julho , 2019 23:46

Madoka, perdoai-os porque eles não sabem o que falam.

<[KIBA]>
<[KIBA]>
13 , Julho , 2019 23:46

Zzzzzz'”

Lucio
13 , Julho , 2019 23:46

Um pouco exagerado. Mas em partes posso concordar que hoje em dia o uso esta muito exagerado. Mas uma hora vai saturar que eu sei.

/B/ - Ghost
/B/ - Ghost
13 , Julho , 2019 23:46

Eu serei uma das últimas pessoas a concordar com ele, mas por mais que deteste admitir, em algum canto pequeno do meu coração, eu também sinto que o futuro dos animes possa não ser muito bom… mas meu maior desejo, é que eu esteja errado nessa…
Mas como eu disse, o que me incomoda não é Moe, longe disso, adoro Moe (por mais inesperado que isso talvez possa ser), o que me incomoda mesmo é a crescente quantidade de animes harém… esses sim quando eu vejo, só consigo imaginar um futuro “sombrio” pela frente (aquele “Masou Gakuen HxH” por exemplo… não tenho palavras fortes o suficiente para descrever o quanto aquilo me enoja… na real, não sei como não é considerado hentai…)…

Charles
13 , Julho , 2019 23:46

Acho exagero querer culpar, mas tudo que é em excesso pode prejudicar. Na dosagem certa, sempre é bem vindo.
Agora esse papo que animes antigos são melhores, que as coisas novas não são boas zzzz

Mateus Gott
Mateus Gott
13 , Julho , 2019 23:46

>lucky star/suzumiya/wake up girls
>culpa o moe
Assim é fácil

Alexandre Skywalker
Alexandre Skywalker
13 , Julho , 2019 23:46

Os animes dos anos 70 eram a verdadeira invasão mecha com títulos que até hoje os saudosistas lembram de grandes spaces óperas e grandes títulos que são uma obra prima .
Anos 80 foi a década da pancadaria nos animes com Kenshiro , Goku , Seiya , Yusuke , Jotaro , Kinniku , Tsurugi Momotaro e outros foi um ano da verdadeira nostálgia e era dos ouro dos animes .
Anos 90 foi a década da valorização de generos existindo diversos animes dos mais variados houve uma valorização muito grande e foi nessa década que os animes estavam em hit de sucesso no ocidente . Eu tenho saudades dos animes dos anos 90 Nadia , Evangelion , Romeo no Aoi Sora , Cowboy bepob , Outlaw Star , Trigun , Infinity ryvius e outros .
O que falta nos animes de hoje é surpreender pois esses animes que citei surpreenderam na época .

Yhan
13 , Julho , 2019 23:46

“Ele reclama da tendencia do mercado de seguir formulas, desvirtuar o moe para agradar o público atual”
Nunca concordei tanto igual estou concordando agora com está frase do diretor!!!!

Zaku
Zaku
13 , Julho , 2019 23:46

Se acabar e por causa das vendas baixas de Blu Ray e Dvd

Mister23
13 , Julho , 2019 23:46

Só lembrando que muitas pessoas consideram Lucky Star como o surgimento do Moe

Nipon_Ichi
13 , Julho , 2019 23:46

Isso não é opinião dele, é FATO! (com suas exceções)
Akira, Dragon Ball, Ynuyasha, Yu Yu Hakushou, HunterXHunter, Cavaleiros do Z, Ghost in the Shell, Cowboy Bebop, Trigun, Samurai-X, QUALQUER filme Ghibli, Ergo Proxy, Gundam Wing, Berserk (SÓ os que consigo lembrar de cabeça rápido). Todos de 80/90 (não é atoa que a primeira saga do Berserk se chama “Era de ouro” ).

Até os Moe/ecchi eram ultra fodas: Tenchi Muyo, Hanma 1/2, Love Hina, Sakura wars, Sacura Card Captor, Seylor Moon. Tudo MUITO melhor que as bosta ultra colorida/digitalizada brilhosa de hoje….kkkkkkk

****NOTA**** – Como disse houveram EXCEÇÕES nessa última década: Death Note, Soul Eater, One Punch Man, Shingeki no Kyojin, Gantz, Mob Psycho, Naruto, Bleach, One Piece, Boku no Hero Academia etc… PORÉMMMM esses grandes animes vieram todos “espaçados” durante quase 15 anos de muita trolha colorida.

Enfim, acho que são os tempos. Assim como as DLCs/Microtransações/Pre-order são o lado negro da nova era de games os moe/ecchi coloridos bostinhas são dos animes…kkkkk

Sleep well little ones…. >]

Alex
Alex
13 , Julho , 2019 23:46

Concordo com ele, os animes perderam suas raízes, lamentável.

Gnazz
13 , Julho , 2019 23:46

Moe = filmes clássicos trash
Está lá, não é algo que o meio se orgulhe nem nd do tipo, não é bom mas não é ruim

Isaque Ramos Caitano
Isaque Ramos Caitano
13 , Julho , 2019 23:46

Yutaka Yamamoto não está errado, realmente o anime morreu!
o moe arruinou completamente a imagem dos animes que se destacavam por ser sérios e inteligentes; Para uma coisa repetitiva e nojenta!
🙁

Weslley de Sousa
13 , Julho , 2019 23:46

Como assim? Anime não já estava morto?

Anime morreu a bastante tempo, sinceramente. Quando ele caiu dentro de clichês contínuos e as obras começaram a ser produzidas por OTAKUS para OTAKUS… morreu, acabou. Uma obra boa e bem elaborada como Psycho Pass ou Madoka Magica que é quase uma quebra de paradigma e talvez uma critica a esses meios, aparecem uma vez a cada vários anos.

Matheus V.
Matheus V.
13 , Julho , 2019 23:46

Ou seja, muito fanservice (???)… Se isso, tens mais que razão, os animes hoje em dia são a maioria tudo moe, lotado de fanservice (inclusive irritantes e absurdamente fora de contexto), e coisas pra agradar o publico. As obras não pensam em mostrar seu valor, pensam em fazer o publico gostar, mostrando diretamente o que o povo quer ¬¬

A cada temporada, se tiver um ou dois anime que fogem desse padrão é muito. Poderia até rotular como “genérico” esses moes pqp… chega não da mais…. Em vez de pensar em uma obra que conquiste o publico, lançam uma que agrade ¬¬… Ai sai isso, uma temporada lotada de animes “genericos”

Alexandre Skywalker
Alexandre Skywalker
13 , Julho , 2019 23:46

Eu acho bem contraditoso para um cara que fez moes como Wake up , girls mas eu concordo que a porcaria moe está destruindo os animes embora curta alguns moes como madoka , suzumya , lucky star e um pouco Love live .Está cada vez mais difícil encontrar um anime de qualidade altíssima .

ton
ton
13 , Julho , 2019 23:46

Meu medo maior é os animes serem pró China, moe não acho preocupante ainda pq uma hora ou outra satura.

MadLane
MadLane
13 , Julho , 2019 23:46

ele ate tem razao, antes faziam anime revolucionario como Cowboy Bebop, Ghost in the Shell, Perfect Blue, Akira etc… agora é tudo muito moe e ecchi com raparigas cute e cenas assim, é como se não houvesse imaginação e fossem pela escolha fácil. Percebo que para ele tenha morrido, eu cada ano que passa vejo menos e menos, ate este ano so vou ver 1 anime esta nova temporada.

Marcio Hoglhammer Moreira
Marcio Hoglhammer Moreira
13 , Julho , 2019 23:46

Bem paciência, todas as modas vem e vão. Não se pode fazer nada a respeito. Há ainda bons animes o problema é que eles agora tem a duração que tinham antigamente …

Wellington Oliveira
Wellington Oliveira
13 , Julho , 2019 23:47

Aposenta tio, ou pare de chorar, a era das tsunderes ficou pra trás.

ZangetsuBR
ZangetsuBR
13 , Julho , 2019 23:47

Tenho que concordar com ele… Não suporto anime com moe.

Hollowfied
Hollowfied
13 , Julho , 2019 23:47

Se um dia anime morrer não será por causa do moe.