O que é “Isekai”

O que é "Isekai"

Cada vez mais ouvimos falar no termo “Isekai“, mas o que é?

Isekai, em japonês 異世界 (literalmente “mundo diferente”) é um subgénero de light novels, mangás, animes e videojogos que se desenrolam à volta de uma pessoa normal que é transportada para ou aprisionada num universo paralelo.

O conceito teve origem em obras como Alice no País das Maravilhas de 1865 e desde então tem vindo a sofrer várias transformações. Muitas vezes, esse universo já existe no mundo do protagonista como um universo fictício, mas também pode ser desconhecido para ele. O novo universo pode ser um mundo completamente diferente, onde apenas o protagonista tem alguma lembrança da sua vida anterior, como em (The Military Chronicles of a Little Girl) de  e , ou um onde ele reencarna. Também pode ser um universo onde um mundo virtual se transforma num mundo real, como em Log Horizon e Overlord.

Re: ZeroO subgénero pode ser caracterizado como um “desejo de realização”, com a pessoa a ser transportada a ser frequentemente um NEET, hikikomori ou jogador. No novo mundo de fantasia, eles são capazes de ter sucesso através do uso do seu conhecimento de género comparativamente sem importância na vida real, ou habilidades de jogo através do uso de uma interface que só eles podem aceder. O seu poder pode variar desde tremendas habilidades mágicas superando qualquer outra pessoa, como em Isekai wa Smartphone to Tomo ni. a algo relativamente fraco, como em Re: Zero, onde o protagonista não ganha nenhum poder especial além da capacidade de sobreviver à morte num tipo de loop temporal.

Tensei Shitara Slime Datta KenEnquanto o protagonista de uma obra isekai é geralmente um “herói escolhido”, o género também inclui Drifters, onde as pessoas que entram no mundo da fantasia são generais históricos e outras figuras que são mais brutais do que os próprios habitantes do mundo, e como em Tensei Shitara Slime Datta Ken onde o protagonista começa como um monstro com habilidades especiais, em vez de um ser humano. Algumas histórias envolvem pessoas a ser reencarnadas como objetos inanimados incomuns, como um onsen mágico.

Os primeiros títulos que poderiam ser chamados de isekai incluem El-Hazard e Fushigi Yûgi, nos quais os protagonistas permaneceram similares à sua aparência original ao entrar num mundo diferente. Títulos posteriores como , envolvem a morte dos seus protagonistas e a sua reencarnação num mundo diferente.

A Viagem de Chihiro (Spirited Away) foi o primeiro anime isekai mundialmente conhecido, embora o termo isekai não tenha sido muito usado naquela época.

A franquia .hack foi uma das primeiras a apresentar o conceito de isekai como um mundo virtual real, com Sword Art Online a seguir os seus passos.

Sword Art Online

O género tornou-se tão popular que, em 2016, um concurso de contos japoneses proibiu qualquer inscrição de isekai. A editora Kadokawa também proibiu as histórias isekai no seu próprio concurso de novels em estilo anime em 2017.