Oferta de 1 volume mangá especial a quem for ver o filme anime My Hero Academia: WORLD HEROS MISSION

A mais recente edição da Weekly Shonen Jump da Shueisha revelou que quem for ao cinema ver My Hero Academia: WORLD HEROS MISSION, o terceiro filme anime do mangá My Hero Academia (Boku no Hero Academia) de Kōhei Horikoshi, vai ganhar um volume mangá especial intitulado “Vol. World Heroes” que terá uma tiragem limitada de 1 milhão de cópias.

O criador original do mangá, Kōhei Horikoshi, desenhou a capa do volume do mangá e alguns dos conteúdos, incluindo um mangá com um cenário original. Outros conteúdos incluem uma entrevista em mesa redonda com editores anteriores e atuais do mangá, figurinos e designs de personagens, e uma entrevista com Horkoshi.

Ambos os filmes anteriores da franquia também apresentaram um volume mangá “Vol. Origin” e “Vol. Rising” como um bónus limitado para quem fosse ao cinema ver os filmes anime.

My Hero Academia WORLD HEROS MISSION poster

Com estreia agendada para o dia 6 de agosto de 2021, o filme vai trazer uma história original que possui supervisão do autor do mangá.

Sinopse de My Hero Academia: WORLD HEROS MISSION

Na história do filme, uma misteriosa organização dedicada à destruição de pessoas com Quirks lançou uma ameaça e colocou bombas em todo o mundo. Os heróis profissionais lutam para encontrar as bombas. Deku, Bakugo e Todoroki encontram Rody, um rapaz que mora numa casa móvel na área designada de Oseon, e acabam a trabalhar com ele.

Kenji Nagasaki regressa como diretor juntamente com o estúdio BONES. O restante staff também regressa como o guionista Yousuke Kuroda, o designer de personagens Yoshihiko Umakoshi e o compositor Yuki Hayashi.

Até agora, My Hero Academia (Boku no Hero Academia) tem dois filmes anime completamente originais que incluem Boku no Hero Academia the Movie 1: Futari no Hero (My Hero Academia: Two Heroes) lançado em agosto de 2018 e Boku no Hero Academia the Movie 2: Heroes: Rising (My Hero Academia the Movie 2: Heroes: Rising) lançado em dezembro de 2019.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.