Primeiras impressões de In/Spectre 2

Segunda temporada de In/Spectre estreia na Crunchyroll em janeiro de 2023.

Nesta sexta-feira (02) a Crunchyroll realizou dentro da CCXP 2022 a exibição do primeiro episódio de algumas séries que vão estrear no catálogo do serviço em 2023. Foi exibido dentro do evento o primeiro episódio da segunda temporada da adaptação do manga In/Spectre (Kyokou Suiri ou Invented Interface) de Kyo Shirodaira e Chasiba Katase. A série vai estrear na Crunchyroll em janeiro de 2023.

In/Spectre começou a ser lançado em abril de 2015 tendo por base uma novel de Shirodaira (Spiral, The Record of a Fallen Vampire, Blast of Tempest). O mangá terminou a 20 de abril mas a 20 de junho de 2018 começou a ser lançada uma nova história.

O staff será o mesmo da primeira temporada pelo que contamos com animação do estúdio Brains Base, direção de Keiji Gotoh (Kiddy Grade, Endride, Sengoku Collection), história de Noboru Takagi (Durarara!!, Golden Kamuy, Kuroko’s Basketball) e design de personagens de Takatoshi Honda (conceito de RIN-NE). A produção é da NAS e esta é uma coprodução Crunchyroll.

Sinopse de In/Spectre:

Iwanaga Kotoko se tornou a Deusa da Sabedoria dos seres sobrenaturais, e leva a vida resolvendo os problemas deles. Contudo, ela está caidinha por Sakuragawa Kuro, um homem temido por todos os seres sobrenaturais. Juntos, eles vão encarar vários incidentes misteriosos nesta série de romance e mistério! Que acontecimentos sombrios eles vão enfrentar? E o que será da paixonite da Kotoko?

Teaser trailer de In/Spectre 2

Já vou começar este texto sendo sincero e revelando que eu não assisti a primeira temporada de In/Spectre, mas ainda assim senti que escrever o texto sobre o primeiro episódio da segunda temporada do anime era necessário pois ele funciona perfeitamente como recapitulação para quem assistiu a temporada anterior e uma apresentação formal para quem não conhece a obra.

Fazia muito tempo que um anime envolvendo seres sobrenaturais não me fisgava de forma positiva. Gostei muito da forma como este episódio apresenta os protagonistas da série em um caso que necessita de uma ação que não traga incômodo para nenhum lado. O episódio me lembrou bastante de Natsume Yuujinchou (Natsume and the Book of Friends) em questão de dinâmica entre os personagens. Apesar que a resolução foi meio previsível, mas nada que estrague a experiência do episódio como um todo. Por outro lado, senti que o ritmo mais lento deste episódio de In/Spectre pode afastar uma parte do público que não tem paciência com histórias mais reflexivas.

Gostei que a edição e montagem do episódio passa bem o clima sobrenatural e ter um ritmo mais lento faz parte deste clima. Gostei do visual dos personagens, principalmente dos personagens do núcleo sobrenatural do episódio e achei interessante que a obra não descarta a parte da violência mais gráfica. A animação está bem dinâmica, mas nada surpreendente.

Como apresentação para quem já conhece a obra e quem está embarcando na série, o primeiro episódio da segunda temporada de In/Spectre funciona muito bem. Com animação bem dinâmica, o primeiro episódio consegue passar bem o clima sobrenatural.

Subscreve
Notify of
guest

1 Comentário
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
Samuel Silva
Samuel Silva
3 , Dezembro , 2022 17:32

É, a primeira temporada de In/Spectre sofreu com o ritmo lento de alguns episódios e do último arco que durou mais de metade da temporada quando parecia que podia ter sido tratado em 3 episódios. Gosto muito da Kotoko, do design de personagens e do enredo no geral. Espero que a segunda temporada cumpra o potencial que o anime parece ter.