Review: Mob Psycho 100 II – Ep 3

1

Tipo: TV
Episódios: 13
Estado: Em emissão
Estreia: 7 de Janeiro de 2019 – ?
Temporada: Inverno 2019

Estúdio: Bones

 

Boas pessoal do OtakuPT,

Começamos este 3º episódio de Mob Psycho 100 com um cliente a pedir a Reigen que lance uma maldição a alguém.

Sendo exorcista, como é óbvio Reigen recusa, mas como sempre arranja uma solução: inventa um charm a dizer “curse” e entrega ao cliente, garantindo que em alguma altura, em algum lugar algo irá acontecer, mentira.

Mob ao mesmo tempo, ao perceber que a maldição era mentira, começa a questionar-se sobre o que é ou não correcto, fazer alguém acreditar que tem o poder sobre alguém ao amaldiçoá-la ou o acto de querer amaldiçoar alguém.

Na próxima cena, temos uma cliente que se sente observada por um espírito à janela. Esse espírito acaba por ser um vulto, e quando Mob tenta exorcizá-lo descobre que era um humano.

Este humano, seria o vizinho da cliente, estando completamente obcecado por ela, usava os seus limitados poderes para conseguir espiá-la através de uma forma transcendental espiritual.

Como cena principal deste episódio, temos um trio de amigos interessados em ir a locais assombrados para sentir o “ambiente” e poder tirar fotografias, como se de um parque de diversões se tratasse.

Reigen aceita o trabalho, portanto acabam por ir dar a uma casa abandonada na floresta.

Nesta casa, “habitavam” 3 espíritos, uma família: pai, mãe e filho. Este espíritos eram espíritos bons, não tinham nenhuma maldade. Mas, o trio de clientes ao perceber que lá existiam espíritos, exigiram a Reigen para os exterminar.

As ordem foram dadas, mas Mob hesitou e não conseguiu executá-las. Para Mob espíritos ou humanos eram o mesmo, no sentido que sempre conviveu com ambos. E pela primeira vez foi-lhe pedido para exorcizar espíritos bons.

Mob começou a questionar-se se devia exterminar espíritos bons ou humanos “maus”, pois se não podia fazer uma coisa teria que fazer a outra.

Mas Reigen rapidamente percebeu como Mob se sentia, e ao atirar sal para cima dos clientes, fingiu que os espíritos tinham sido exorcizados e o trabalho estava concluído.

Coisa que Reigen nunca fez, pôr um espírito à frente dos clientes, do trabalho.

O episódio é finalizado já com Mob em casa, questionar-se se algum dia usar os seus poderes para praticar o mal e magoar pessoas, se alguém irá zangar-se com ele.

Este episódio embora sem lutas e até mesmo parecendo parado e com qualidade abaixo da média, tocou em 2 pontos muito importantes: Reigen preocupado com os sentimentos de Mob ao ponto de pôr os espíritos à frente dos cliente e Mob a questionar-se sobre o que é usar os poderes para praticar o bem ou o mal.

 

 

E pronto, aguardem mais uma review de Mob Psycho 100 II.

 

 

Zousaa