Screenshots e elenco de Japan Sinks

O estúdio revelou hoje vários screenshots da adaptação para série anime da novel Japan Sinks (Nihon Chinbotsu) de Sakyo Komatsu. A série anime vai ser formada por 10 episódios e estrear na Netflix em 2020.

Tivemos igualmente a confirmação dos seiyuu que vão participar no anime (da esquerda para a direita):

  • Reina Ueda (Kanao Tsuyuri de Kimetsu no Yaiba, Shuka de Darwin’s Game) como Ayumu Mutō, a protagonista de 14 anos que se dedica à corrida de pista na esperança de participar nas Olimpíadas.
  • Tomo Muranaka (Yūma Kuga de World Trigger) como Gō Mutō, irmão mais novo de Ayumu que se conecta ao mundo através de jogos online
  • Yuko Sasaki (Kotake Sakura de Chibi Maruko-chan) como Mari Mutō, a mãe da família Mutō e ex-nadadora competitiva otimista mesmo em face do desastre
  • Masaki Terasoma (Ginshiro Toyama de Detective Conan) como Kōichirō Mutō, o pai inteligente e tenaz da família Mutō

Com animação pelo estúdio , a direção é de (Devilman crybaby, Ping Pong the Animation, Mind Game), vamos ter história por Toshio Yoshitaka (Dragon Ball Super) e música da responsabilidade de kensuke Ushio. O design de personagens é de Naoya Wada (diretor de episódios de DEVILMAN crybaby).

Temos ainda:

  • Design de cores: ken Hashimoto
  • Diretor de fotografia: Toshikazu Hisano
  • Diretor de som: Eriko Kimura
  • Edição: Kiyoshi Hirose
  • Produção de anime: SCIENCE SARU
  • Produção: “JAPAN SINKS: 2020”

A novel original de ficção científica sobre desastres começa quando uma série de desastres naturais atinge o Japão. Mudanças tectônicas maciças causam erupções vulcânicas em remotas ilhas japonesas, provocando terremotos e, eventualmente, provocando mais erupções de vulcões no japonês. Devido a isto, uma equipa de cientistas tenta convencer o governo japonês de que o arquipélago japonês vai afundar mais cedo do que se esperava.

O anime move o cenário do Japão dos anos 70 para 2020, logo após as Olimpíadas de Tóquio. A história é centrada na família Mutō e nos irmãos Ayumi e Takeshi. Os quatro membros da família Mutō são apanhados num terremoto que atinge Tóquio e tentam escapar da cidade.

Japan Sinks (Nihon Chinbotsu) começou a ser publicado em 1973, e inspirou dois filmes live-action – um que também estreou em 1973 e outro em 2006 pelo co-fundador da Gainax e diretor de Shin Godzilla, Shinji Higuchi. Também inspirou uma série live-action em 1975, bem como duas adaptações mangá: a primeira do autor de Golgo 13, Takao Saito, e um manga de 2006-2009 por Tokihiko Ishiki. A novel é considerada um clássico de ficção científica no Japão e em todo o mundo.