Senador australiano contra Eromanga Sensei que acusa de “exploração infantil”

Senador australiano contra Eromanga Sensei que acusa de "exploração infantil"

Stirling Griff, um senador australiano, hoje num discurso no parlamento australiano pediu uma revisão de todos os animes e mangás atualmente acessíveis na Austrália, expressando preocupações sobre a representação de “exploração infantil”.

Stirling Griff, um senador australiano
Stirling Griff

Ele destacou anime e mangá que descrevem “crianças de olhos arregalados, geralmente em uniformes escolares, envolvidas em atividades e poses sexuais explícitas, e muitas vezes sendo abusadas sexualmente”.

Em particular, ele destacou a adaptação para série anime da light novel de , descrevendo-a como um programa que “apresenta fortemente temas de incesto” e apresenta “muitas cenas que são tão perturbadoras que eu simplesmente não consigo descrevê-las”. A série é classificada como MA15 + na Austrália.

Ele criticou o Conselho Australiano de Classificação por classificar a mídia isoladamente do direito penal. Na Austrália, é ilegal produzir, possuir ou distribuir pornografia ou material de abuso que represente uma pessoa com menos de 18 anos. Em 2008, um juiz da Suprema Corte de Nova Gales do Sul determinou que um desenho animado pornográfico representando personagens de Os Simpsons era pornografia infantil.

De acordo com as leis atuais de pornografia infantil no Japão, representações fictícias como anime e mangá estão isentas da lei.

O senador Griff representa o Center Alliance, um partido político centrista que atualmente ocupa dois assentos no Senado Australiano. O senador Griff fará uma moção pedindo uma proibição urgente de anime e mangá representando abuso infantil, e escreveu ao ministro dos Assuntos Internos Peter Dutton e ao ministro das Comunicações Paul Fletcher sobre o assunto.

A história de Eromanga Sensei desenrola-se à volta de Masamune Izumi um autor de light novels cuja irmã mais nova, Sagiri, é uma hikikomori que passado um ano ainda não saiu do seu quarto forçando mesmo o seu irmão a trazer-lhe as refeições. Masamune quer que ela deixe o quarto pois ela é a sua única família.

O ilustrador da novel de Masamune tem o apelido de “Ero Manga Sensei” e desenha imagens extremamente pervertidas. Masamune nunca conheceu o seu ilustrador e pensava que devia ser um otaku pervertido, mas no entanto a verdade é revelada … “Ero Manga Sensei” é a sua irmã mais nova.

No meio do caos que se instala entre os dois irmãos surge uma bela mangaka shoujo que se torna rival deles.

A animação é do estúdio (Sword Art Online, Magi), a direção é de (The IDOLM@STER Cinderella Girls, Pandora in the Crimson Shell: Ghost Urn) e no papel principal vamos contar com Yoshitsugu Matsuoka.

 começou a lançar  em 2013 depois de terminar a popular light novel Ore no Imōto ga Konnani Kawaii Wake ga Nai () que também inspirou uma série anime. Tal como aconteceu com  também  é ilustrado por .