Street Fighter 6 vai ser uma reimaginação de Street Fighter II

Olho no passado a lutar pelo futuro

Takayuki Nakayama, o diretor de Street Fighter 6 foi destaque numa recente entrevista com a Game Informer. Na mesma refere que Street Fighter 6 pretende ser um “reimaginar” de Street Fighter II, a indiscutivelmente parte mais icónica do célebre jogo de luta da Capcom.

Um dos trechos da entrevista comentou:

Definitivamente enfrentamos muitos desafios com a produção e desenvolvimento deste novo jogo. Mas respeitante a títulos anteriores, definitivamente estamos de olho em Street Fighter II. Essencialmente pretenderemos um reimaginar de Street Fighter II e interpolá-lo numa estética e cenário visuais modernos.

Nakayama também se debruçou sobre o urbanismo moderno, e para as séries Final Fight e Street Fighter III, afirmando que o urbano e “hip-hop” sempre foram temáticas e elementos simbióticos na série.

Final Fight é uma grande influência. Com o modo “World Tour” que apresentamos, o ponto de partida é Metro City, um dos palcos mais famosos de Final Fight. Penso que a direção e a música de fundo de Street Fighter: Third Strike combinaram muito bem com o ambiente e foram fundamentais. A cultura de Street Fighter sempre teve uma grande afinidade com o hip-hop, e foi isso que a adotamos.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.
Subscreve
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments