Homem preso por ameaça de “massacre” em local de vacinação em Tóquio

Japão quer levantar o estado de emergência de Tóquio

A polícia em Tóquio prendeu um homem de 38 anos sob suspeita de obstrução de negócios depois de ele enviar uma ameaça por fax a uma delegacia de polícia, ameaçando um “massacre” num local de vacinação em Tóquio.

Segundo a polícia Shuji Kamibayashi, um residente da Ala Adachi de Tóquio, enviou o fax, com o título “Ameaça de morte”, para a Delegacia da Polícia de Takenotsuka de uma loja de conveniência na Prefeitura de Saitama às 18h no dia 19 de setembro.

Em resposta, 50 polícias foram enviados a 24 locais de vacinação COVID-19 em toda a Ala Adachi.

Kamibayashi foi preso na terça-feira após ser identificado pela análise de imagens de câmaras de vigilância de lojas de conveniência feitas no momento em que o fax foi enviado. A polícia disse que ele admitiu as acusações e foi citado como tendo dito: “Não pude trabalhar devido ao COVID-19 e fiz isto para aliviar a minha raiva reprimida”.

FONTESankei Shimbun
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.