Japonês deportado da Turquia por comer 5 gatos

E a notícia bizarra da semana é um japonês que foi expulso da Turquia por comer 5 gatos.

Japonês deportado da Turquia por comer 5 gatos

Os gatos são muito apreciados na cidade de Istambul, na Turquia, onde há uma longa história de animais reverenciados pelas suas proezas de caça que remonta aos otomanos no século XIV. Este amor pelos felinos permanece fortemente ligado à cultura local, e hoje milhares de gatos vadios andam livremente pelas ruas da cidade, com os cidadãos muitas vezes a cuidar dos animais, fornecendo-lhes água, comida e abrigo.

Um dos gatos vadios de Istambul, Tombili, alcançou fama mundial pela sua pose ao lado da calçada, que foi imortalizada em forma de estátua após a sua morte em 2016.

Isso não quer dizer que seja um ambiente totalmente seguro para os felinos, já que chegaram notícias da cidade nesta semana que revelaram que um homem foi recentemente detido e multado por matar gatinhos e comê-los.

De acordo com a polícia, o homem era um cidadão japonês de cerca de trinta anos de Tóquio, que residia em Istambul. Ele foi detido a 14 de junho depois de um morador local o ver a levar cinco gatinhos num balde para a sua casa.

A pessoa que entrou em contacto com as autoridades disse que perguntou ao homem onde ele estava a levar os gatinhos e lhe disse os deixar onde estavam. O homem não respondeu e silenciosamente levou os gatinhos para dentro do prédio.

A polícia revelou que o homem foi detido e multado no equivalente a 130.000 ienes (1.175,58 dólares) depois de admitir que matou e comeu cinco gatinhos que apanhou no bairro. Ele está atualmente numa instalação de imigração, aguardando a deportação.

Os moradores locais que cuidavam da mãe gata antes de ela ter os seus filhotes, dois meses atrás, ficaram em choque com a notícia.

FONTESoraNews24
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.