Japoneses são quem mais gasta em videojogos para smartphones em 2021

Japão lidera gasto per capita em videojogos em 2021

Japoneses são quem mais gasta em videojogos para smartphones em 2021

A Sensor Tower revelou que o Japão liderou o gasto per capita em videojogos para smartphones nos três primeiros trimestres de 2021.

O Japão liderou os gastos per capita com videojogos para smartphones em 2020, e essa tendência continuou este ano. Os dados revelam que, entre os dez mercados de maior bilheteria nos três primeiros trimestres de 2021 – excluindo a China – o gasto médio per capita do Japão em videojogos para smartphones e aplicativos que não sejam videojogos ultrapassou todos os outros com aproximadamente 149 dólares, um aumento de 18% ano após ano

O relatório também indicou que isto representa menos cinco pontos percentuais do que o crescimento de 23% que o Japão viu entre os mesmos períodos em 2019 e 2020, potencialmente indicando que o comportamento dos utilizadores está a normalizar-se após um aumento nos gastos com aplicativos impulsionado pela pandemia COVID-19.

Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos, Austrália, Canadá, Reino Unido, Alemanha, França, Tailândia e Rússia foram os 10 mercados que mais gastaram em aplicativos para dispositivos móveis na App Store e do Google Play do primeiro ao terceiro trimestre de 2021.

Estes dez países, em conjunto, viram os seus gastos combinados nos três primeiros trimestres de 2021 crescer 22% com relação ao ano anterior, para 65,4 bilhões de dólares, um aumente comparativamente aos 53,8 bilhões no mesmo período do ano anterior.

Embora o Japão tenha registado o maior gasto per capita em média no período do primeiro ao terceiro trimestre de 2021, as lojas de aplicativos dos EUA geraram os maiores gastos gerais entre os mercados estudados, com um aumento de 24% ano após ano, para 30,1 mil de milhões de dólares. O Japão ficou em segundo lugar, com a receita de 18,6 bilhões de dólares, um aumento de 18% em relação ao ano anterior.

Nota: Como em análises anteriores, a China foi omitida para fazer uma comparação direta, pois a plataforma Google Play não está disponível na China.

FONTESensor Tower
Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.