Ladrão trocava sapatos de mulheres no Japão

No Japão a polícia de Aichi prendeu um peculiar ladrão de sapatos de mulher que roubava os sapatos e os trocava por uns novos.

O homem preso é um escriturário de trinta e três anos, da cidade de Nagakute, na província de Aichi, no Japão. Segundo as investigações, o homem tinha cerca de vinte pares de sapatos de mulher em casa, que iam de botas a mocassins, sapatilhas e saltos altos.

A prisão aconteceu depois dele trocar um par de sapatos no valor de cerca de 5.000 ienes (cerca de 45 dólares) de uma professora de uma escola de música de 23 anos em Nagoya. O incidente ocorreu por volta das 10h do dia 30 de janeiro, e a instrutora só percebeu algo estranho quando calçou os sapatos antes de ir para casa (dentro das instalações, os japoneses usam um par diferente). Porém, ao chegar em casa, percebeu que os sapatos que normalmente usava, que estavam muito gastos, agora pareciam novos.

A mulher entrou em contacto com a polícia, suspeitando que os seus sapatos foram trocados. Depois de uma investigação a polícia prendeu o homem a 6 de abril, sendo que ele confessou o crime.

Embora ele tenha sido inicialmente preso por roubar sapatos de uma mulher, ele foi encontrado com uma coleção de sapatos que parecia pertencer a várias mulheres diferentes. Quando questionado, ele confessou ter roubado aqueles sapatos também.

Ele afirmou “Eu queria sentir o cheiro de sapatos femininos”. A polícia acredita que os crimes foram premeditados, pois Katsu assumiu a responsabilidade de substituir cada par de sapatos por um novo da mesma marca, estilo, tamanho e cor.

Fundou o OtakuPT em 2007 e desde então já escreveu mais de 40 mil artigos sobre anime, mangá e videojogos.