Nas redes sociais do Japão este vídeo está a tornar-se viral. Nele vemos como a polícia da Índia resolve o problema dos homens que viajam nas carruagens só para mulheres e é literalmente à estalada.

Quando a locomotiva parou na estação, a polícia estava à espera dos homens, e não apenas para lhes dar um aviso severo, mas sim para lhes dar uma valente chapada.

No Japão o problema de carruagens sobrelotadas é aproveitado por homens sem escrúpulos para molestar as mulheres, sendo que foram mesmo criadas carruagens só para mulheres e a polícia está atenta a este tipo de comportamento. Esta é a razão de tantos japoneses simpatizarem com o vídeo em cima.

Na Índia, no entanto, o problema é bem mais grave e os casos de abuso sexual naquele país é verdadeiramente preocupante.

Apesar de muitos simpatizarem com a atitude da polícia grande parte dos japoneses comentou no vídeo que muito provavelmente num país ocidental tal comportamento da polícia não seria aceitável e que tudo devida ser resolvido judicialmente.

Apesar do vídeo se estar a tornar viral no Japão, na verdade ele é de 2010 e, além de levar um estalo, os infratores também foram multados em 250 rúpias (3,50 dólares).

Chikan (痴漢, チカン ou ちかん), o que é?

Chikan é um termo japonês, que se refere ao assédio sexual ou outro ato obsceno realizado contra uma vítima, mas também se refere a uma pessoa que comete tal ato. O termo é frequentemente utilizado para descrever pessoas que se aproveitam das condições de superlotação nos sistemas de transporte público para tocar sexualmente outras pessoas. Embora o termo não esteja definido no sistema legal Japonês, o uso vernáculo da palavra descreve atos que violam várias leis. A palavra correspondente, utilizada para se referir as mulheres que praticam o chikan é Chijo.