Ex-idol SKE48 presa por fraude, encontrava vítimas por apps de encontros

A ex-membro das SKE48 afirmava ser uma especialista em investimentos com um esquema infalível de enriquecimento rápido.

Juna Yamada quando ainda pertencia às SKE48
Juna Yamada quando ainda pertencia às SKE48

Juna Yamada entrou para as SKE48, o grupo de idols irmão das Mega populares AKB48, em 2013 tendo saído do grupo em 2019 e aparentemente escolheu de seguida o crime como profissão, pelo menos segundo a polícia da prefeitura de Aichi que a acabou de prender por fraude.

Em algum momento, Yamada conheceu Hiromu Kurumadachi, proprietário de uma empresa de consultoria de Nagoya chamada THE. Juntos, eles formaram um plano no qual Yamada registava perfis em aplicativos de namoro e atraia homens jovens e ingénuos, não apenas por meio da sua aparência e charme, mas também alegando ser uma especialista em investimentos que ganha 10 milhões de ienes (96.600 dólares) por ano. Yamada, então, encontrava-se com os homens, dizem os investigadores da polícia, e com o treino de Kurumadachi faria uma apresentação de vendas sobre a sua “lógica de investimento que garante que terão lucro”, juntamente com alguns conceitos financeiros superficiais e, em seguida, pedia que eles pagassem pelo seu conselho.

A Polícia da Prefeitura de Aichi acredita que essas ações constituem deturpação criminosa e fraude, e a 16 de março prenderam Yamada, Kurumadachi (que eles descrevem como o líder) e dois outros cúmplices. Kurumadachi nega todas as acusações, enquanto que Yamada nega apenas as acusações de fraude, aparentemente admitindo que ela se representou erroneamente.

Ironicamente, em 2017, Yamada foi nomeada polícia honorária por um dia como parte de um evento publicitário local.
Ironicamente, em 2017, Yamada foi nomeada polícia honorária por um dia como parte de um evento publicitário local.

As prisões aconteceram depois de um incidente a 31 de janeiro de 2020, quando Yamada se encontrou com um homem que ela conheceu através de um aplicativo de namoro num hotel em Nagoya e o fez pagar 500 mil ienes por aconselhamento financeiro. No total, porém, os investigadores acreditam que ela e Kurumadachi, de 24 anos, enganaram mais de 100 homens com quem Yamada fez contacto, num total de cerca de 58 milhões de ienes.

Subscreve
Notify of
guest
4 Comentários
Mais Antigo
Mais Recente Mais Votado
Inline Feedbacks
View all comments
CF
CF
17 , Março , 2021 2:32

Nossa.

KingStone
KingStone
17 , Março , 2021 9:56

parece ate um anime lol

Charles
17 , Março , 2021 6:40

Por isso em animes tem uma piadinha quando uma garota bonita tá interessada em um protagonista sem graça, e os amigos dele logo questionam se não é um golpe. Haha!

♛ Mคster : Hirøshi ♛
19 , Março , 2021 2:34

Enganou os Gados trouxas kkkkk