A Sony planeia produzir PlayStation 5 em poucas quantidades

A Sony Interactive Entertainment planeia produzir muito menos unidades PlayStation 5 no seu primeiro ano em comparação com o lançamento do PlayStation 4, de acordo com um relatório da Bloomberg.

A produção inicial limitada é devido à expectativa de que as suas altas especificações sejam demasiado requisitadas, traduzindo-se num possível elevado preço de lançamento.

Embora a presente pandemia de COVID-19 tenha afetado os planos promocionais da Sony para a PlayStation 5, ainda não afetou a sua capacidade de produção.

A Sony planeia fabricar entre cinco a seis milhões de unidades PlayStation 5 no ano fiscal que termina em março de 2021. Em comparação, a PlayStation 4 vendeu 7,5 milhões de unidades nos dois primeiros trimestres de venda.

As empresas produtoras de jogos para a PlayStation 5 preveem que o seu preço esteja entre 499$ e 549$, isto segundo o relatório.

A Sony confia nos modelos existentes da PlayStation 4 como uma ponte para atrair novos utilizadores para os serviços da PlayStation Network, enquanto a PlayStation 5 permanece em oferta limitada, “afirmaram vários indivíduos ocorrentes destes planos”.

Para tal, a empresa pode reduzir o preço dos seus modelos PlayStation 4 e Pro, que atualmente custam 299 euros e  399 euros, no período de lançamento da PlayStation 5 para atrair novos subscritores ao PlayStation Plus.

O volume de produção da PlayStation 5 ainda pode ser alterado, como foi relatado à Bloomberg. O conselho da Sony não conseguiu cumprir e aprovar os planos de negócios para o atual ano fiscal, incluindo os dos seus negócios com a PlayStation, uma vez que pediu aos funcionários que trabalhassem em casa. Esta reunião deveria ocorrer em março.

É improvável que a Sony adie o lançamento do PlayStation 5, a menos que a Microsoft adie o lançamento da Xbox Series X.

A produção em escala da PlayStation 5 deve começar em junho, e o presidente e CEO da Sony Interactive Entertainment, Jim Ryan, enfatizou que a consola de videojogos deve ser lançada simultaneamente em todo o mundo. Em comparação, a PlayStation 4 foi lançada com duas semanas de diferença na América do Norte e Europa e três meses depois no Japão.

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal, até à sua atualidade. Devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também é adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.