AMD indica que a tecnologia FidelityFX Super Resolution será lançada ainda durante este ano para o PC

A AMD recentemente confirmou através de uma entrevista online que a sua tecnologia concorrente à DLSS 2.0 da Nvidia, FidelityFX Super Resolution, terá lançamento algures durante este ano. Adicionalmente a esta revelação também revelou qual será o seu anacronismo oficial e outras informações.

A empresa indica que esta tecnologia ainda está em estudo, mas que acredita que será capaz de lança-lá este ano pelo menos para o mercado dos PC. O intuito também é trazer a mesma para as consolas da nova geração, mas que necessita de mais tempo e testes para o fazer.

Scott Herkelman, o vice-presidente da AMD e diretor-geral da unidade gráfica da Team Red comentou o seguinte:

“Está a progredir muito bem internamente nos nossos laboratórios, mas o nosso compromisso com a comunidade gamer é que necessitará ser aberta para funcionar em todas as máquinas e os produtores de jogos também precisam adotá-la. Mesmo que esteja a progredir bem, ainda temos mais trabalho pela frente, não apenas internamente, mas com nossos parceiros produtores de jogos. Queremos lançá-la este ano. Acreditamos que o podemos mas ao mesmo tempo temos ainda muito trabalho por realizar. Precisamos ter certeza de que a qualidade da imagem está presente. Precisamos ter certeza de que pode ser dimensionada em diferentes resoluções. E ao mesmo tempo que as empresas produtoras de jogos estejam felizes com o que estamos a produzir.”

Scott, continuou e referiu o anacronismo oficial para esta tecnologia:

“É provavelmente uma das maiores iniciativas de software que temos internamente, porque sabemos o quanto é importante quando precisarmos de ativar o ray-tracing sem comprometer a fluidez de jogo. a FSR (o anacronismo oficial da fidelity fx super resolution), será algo fundamental para lançarmos este ano, vai ainda pode demorar um pouco, mas Estamos a progredir embora ainda tenhamos muito trabalho a fazer.

Para finalizar, o diretor-geral da componente gráfica da empresa, indicou que não será baseada em machine learning e que afinal existem algumas alternativas:

Não precisamos de machine learning para usarmos esta tecnologia, podemos fazê-lo de várias maneiras diferentes e estamos a analisar cada uma. O que mais importa para nós é o que os produtores as queiram usar, porque se no final de contas for só benéfico para nós, e forçarmos a sua implementação, não será um bom resultado. preferimos dizer à comunidade de jogadores: qual destas técnicas preferem ver implementada e que de forma, para que assim possa ser imediatamente espalhada por toda a indústria e claro entre plataformas.

Por enquanto não existem previsões para o lançamento da tecnologia FSR no mercado dos PC. Especula-se que seja introduzida na grande atualização de Drivers anuais. A entrevista na integra pode ser acompanhada abaixo:


Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt em 2020, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal até à sua atualidade, devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.
Subscreve
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments