AMD revela ao mundo os seus processadores AMD Ryzen 5000

Lisa Su e a sua equipa revelaram ao mundo a sua série de processadores AMD Ryzen 5000 baseados na arquitetura Zen3. Os novos processadores para desktop terão frequências mais altas do que os predecessores.

A AMD concentrou-se sobretudo em comparar o processador Ryzen 9 5900X (que estará à venda por um custo de 549 USD) ao processador mais avançado na mesma linha da AMD, o Ryzen 9 3900XT. Nos testes verificou-se que o processador será 26% mais rápido em jogos –Shadow of Tomb Raider foi analisado- 1080p. A AMD também revelou que o seu o novo CPU foi capaz de quebrar a barreira de 600 pontos no benchmark Cinebench R20 em operações single core.


Características da arquitetura AMD Zen3:

  • AMD Zen3 tem oficialmente um aumento de 19% IPC (instruções por ciclo) em comparação à arquitetura Zen 2.
  • Desempenho e flexibilidade avançados em carga e armazenamento.
  • 2X (32MB) Cache L3 de acesso direto por núcleo.
  • Complexo Unificado de 8 núcleos (CCX).
  • Mais amplitude e menos latência.
  • Previsão de Branch “Zero Bubble.”

A AMD nesta apresentação também revelou os processadores Ryzen 7 5800X (8-núcleos / 16-threads, 4,7 GHz boost) a 449 USD, Ryzen 5 5600X (6-núcleos / 12-threads com um boost de 4,6 GHz) a 299 USD e o monstruoso 16-core / 32 threads/ Ryzen 9 5950X. Este último será vendido a 799 USD, e é o único produto da série a oferecer um boost clock de 4,9 GHz.


No final da apresentação Lisa Su, ainda nos deu um gostinho da sua linha Ryzen 5000 unida com a sua aguardada placa gráfica AMD Radeon 6900XT, onde pudemos ver uns segundos no benchmark de Borderlands 3.

A série AMD Ryzen 5000 começará a ser comercializada em 5 de novembro em todo o mundo. 

Vindo de vários mundos e projetos, juntou-se à redação do Otakupt, pronto para informar todos os leitores com a sua experiência nas várias áreas da cultura alternativa. Assistiu de perto ao nascimento dos videojogos em Portugal, até à sua atualidade. Devora tudo o que seja japonês (menos a gastronomia), mas é também é adepto de grandes histórias e personagens sejam essas produzidas em qualquer parte do globo terrestre.