Num blogpost, a DICE confirmou que a open beta de Battlefield 5 será no início de Setembro, embora ainda não dê uma data específica.

Ainda no mesmo blogpost, o estúdio explica algumas das mudanças que irão ocorrer após a closed alpha no PC. Com a introdução de novas mecânicas, que torna o jogo muito mais tático e com momentos que são definidos mais pela skill dos jogadores, nem todas as pessoas apreciaram as mudanças.

Estas mudanças podem ser vistas em detalhe no blogpost, mas algumas das mais relevantes é a velocidade com que os membros da mesma squad conseguem reviver, passando a ser 2.5 segundos mais rápidos, e alterações na quantidade de munição de algumas classes.

Os reforços que podiam ser chamados através de pontos  serão ajustados de acordo, sendo que DICE acredita que sejam muito fáceis de obter, principalmente em Conquest, e deverá criar uma forma de contra-atacar o V-1 Rocket.

Quanto ao tempo para matar, (time to kill, ttk), o estúdio diz que por enquanto se irá manter como está, sendo que alguns dizem ser muito rápido, e outros estão satisfeitos. Contudo, irá trabalhar numa forma melhor de alertar os jogadores que estão a ser atacados. Mudanças na forma como os jogadores são “spotados” também afetam o ttk, e consequentemente alterações ocorrerão.

Os mapas e modos irão sofrer alterações também para melhor balancear, tal como o salto de paraquedas no início de uma ronda de Grand Operations. Dentro do gameplay, mudanças nas armas não são mencionadas em específico, mas que irá ser mais difícil matar inimigos em burst à distância. A DICE ainda diz que irá melhorar o matchmaking para o lançamento da beta, devendo juntar jogadores com um nível de skill próximo e coloca-los num servidor com latência mais baixa, o que não ocorreu durante a fase alpha.

O estúdio deverá continuar a avaliar e responder com mudanças futuras, da melhor forma possível.

Battlefield 5 será lançado no dia 19 de Outubro, para PS4, Xbox One, e PC.