Vários dias atrás começaram a circular rumores que, quer jogos adquiridos digitalmente como DLC, para a PlayStation 4 e de outros sistemas PlayStation, estão a ser removidos misteriosamente dos servidores da Sony.

Através do site Niche Gamer, uma fonte alega este problema e que se está a expandir misteriosamente a outros utilizadores de produtos Playstation:

Esta fonte, conhecida como Nod Head relatou as suas próprias experiências com este suposto problema por e-mail. O conteúdo deste e-mail também foi enviado a YouTubers, especializados em notícias da indústria dos videojogos e na exposição de práticas anti-consumidor na indústria.

Nod Head afirma que “é apenas uma questão de tempo até que este evento cause impacto em centenas de milhares de pessoas“, afetando até jogos e DLC mais atuais.

Este afirma que passou dois a três meses investigando a PlayStation Network, depois que uma transação para comprar um jogo foi aparentemente excluída dos servidores. Entre as informações enviadas, também partilhou várias imagens demonstrando, os problemas técnicos em “ação”.

Vários meses antes, Nod Head relata que o jogo Dezaemon Plus! não iniciava a transferência; produzindo “um estranho erro HTTP 404 not found seguido de um ‘C2-13242-2‘ na PlayStation 4“. Também alegou que não podia fazer a transferência do jogo noutros dispositivos tais como a PlayStation Portable, e que o uso da conexão de internet do seu vizinho não produziu nenhum efeito diferente.

Quando o Nod Head entrou em contacto com o apoio ao cliente da Sony (através de conversa virtual em tempo real), inicialmente referiram que o problema foi corrigido; o que infelizmente acabou por não acontecer. Algum tempo depois de entrar em contacto novamente, a empresa reportou a situação a um especialista em contas. Após “rigorosa pesquisa”, o Especialista informou que este problema não era devido à conta ou a rede do Nod Head.

O especialista então forneceu ao Nod Head um número de referência e solicitou que o mencionasse especificamente ao apoio ao cliente, já que “Este não era um problema relacionado com a conta”. Após vários testes, todos os sinais apontavam que os problemas estavam no próprio servidor.

O utilizador, em seguida afirma que “por 8 horas seguidas”, o Suporte ao Cliente da Sony” recusou-se a ajudar. Vários funcionários recusaram-se a prosseguir com a situação, comentando que o Nod Head não era o proprietário do jogo em questão. O Nod Head afirma que Teve “praticamente de implorar” para que um funcionário não terminasse a conversa, mesmo assim muitos ainda o fizeram.

As alegadas desculpas do suporte ao cliente eram que não existiam problemas com os servidores, e que o Nod Head só possuía a sua conta desde 2014 (quando este a possuía desde 2009), que esta não era o departamento a contactar, e que usasse o (FAQ) para corrigir o problema de rede (inexistente).

A certa altura, um representante do serviço ao cliente alegou ao Nod Head que “existiam evidências claras de que não era o proprietário “; apesar da confirmação do número de referência do especialista e da transação do jogo. Mais tarde, o Nod Head afirma que as suas interações com o atendimento ao cliente “limitam-se a um péssimo atendimento ao cliente“.

Um representante do serviço de atendimento ao cliente (Dana) no final das oito horas levou a questão mais a sério. Na conta de Nod Head supostamente não faltavam apenas jogos, vários anos de informações da conta também estavam ausentes ou foram “corrigidos“.

A Dana solicitou que o Nod Head enviasse os seus IDs de transação a partir de 2010 até ao presente. Depois disto, confirmou que havia um problema nos servidores e declarou que passava a situação a um dos seus supervisores para que um especialista em rede entrasse novamente em contacto consigo.

No dia seguinte, o especialista na rede informou que o problema ainda estava no servidor. A PlayStation 3 do Nod Head também deu o erro “O conteúdo foi excluído do servidor”. Enquanto os servidores pareciam “normais”, o Especialista em Rede declarou que passaria esta informação aos seus superiores.

Embora a solução inicial da Sony consistisse em re-certificar as licenças dos jogos, a depois deste processo a PlayStation voltou a mostrar um novo código de erro ‘CE-33946-5‘”.

Nod Head também encontrou outras pessoas online (via r / PS4 e r / PS4SupportPage ) que relataram problemas semelhantes. E surpreendentemente o caso aconteceu com jogos e DLC mais modernos, tais como The Last of Us Parte II, God of War (2019)Dead by Daylight.

Estes utilizadores também relataram que o suporte ao cliente da Sony foi péssimo; a maioria recebeu respostas do tipo “Lamentamos, pois, esse não é um problema nosso” ou “Lamentamos, mas a situação não pertence ao nosso departamento. Consulte o FAQ, não podemos ajudá-lo.”

Nod Head expressou a sua preocupação com o facto de que mais servidores possam continuar a ser “fragmentados“, apesar de estarem a atuar de forma normal, fazendo com que os jogadores percam qualquer prova de compra de um jogo.

Além disso, o Nod Head informa que contactou a MonkeyPaw Games (os editores do Dezaemon Plus!). Estes responderam que era provavelmente um problema com os arquivos internos da Sony.

“Isto parece ser um problema do sistema de arquivos da Sony. Esta é a primeira vez que sabemos de algo assim, até pode ser um problema com a sua unidade, PS, mas é provável que seja um problema no arquivo interno da Sony. Neste caso, a Sony precisaria reformatar o código-fonte. Entraremos em contacto com a Sony sobre o problema e veremos se podemos ajudá-los a resolvê-lo. ”

Ao procurar o código de erro CE-33946-5 no r / PS4 , r / PS4Support e Twitter , existem poucos resultados. Termos mais gerais, como “transação”, “download”, “certificação” e “certificação” também são demasiado vagos.

No entanto, o no r / PS4 que o Nod Head partilhou, mostra pelo menos sete utilizadores com o mesmo problema e outros dez em processo de acordo com a r / PS4SupportPage .

A PlayStation Lifestyle citou um tópico do Reddit no r / PS4 sobre o problema, em maio deste ano. O tópico do Reddit foi iniciado pelo moderador do fórum e mostra outros 23 utilizadores declarando que estavam a ter já os mesmos problemas.

Cinco destes alegaram que toda a sua biblioteca de jogos desapareceu, enquanto outro alega que perdeu metade desta. As publicações não fazem distinção se os utilizadores estão a tentar descarregar ou se estes desapareceram do sistema. No entanto, a maneira como foram escritas parecem sugerir o último.

Para já não existem casos relatados em terreno português.